19.9 C
São Gonçalo
sábado, julho 13, 2024

Tradição de Maricá apresentará a cultura nordestina no Maricarnaval

Foto: Divulgação

A Tradição de Maricá será a penúltima escola a desfilar na terça-feira (13/02) de Carnaval. A Verde e Branco de Itapeba levará para a Passarela Adélia Breve, no Centro, a cultura nordestina com o samba-enredo “A Asa Branca Tradição e a saga do sambaião”, do carnavalesco Renato Figueiredo. O Maricarnaval é organizado pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Turismo.

Fundada em 1993, a Tradição de Maricá tem sete títulos no Carnaval – uma pelo grupo especial e seis no acesso. A Verde e Branco conta com sete intérpretes (Jota Pê, Pedrinho, Neguinho, Luizinho da Mumbuca, Ediel, Celsinho da Cabuçu e Amarildo) para entoar o samba-enredo na avenida com os 400 componentes. A bateria Guardiões do Samba, com 60 integrantes, será conduzida pelos mestres Armando e Gilson, tendo à frente a rainha Thayna Laysa e a princesa Rosana Barbosa, além de dois casais de mestre sala e porta-bandeira – Cassia e Yuri / Gabriela e Felipe.

A presidente da escola, Antônia de Oliveira, transformou a residência no Centro em um ateliê para preparar as fantasias e os adereços para a folia. Segundo ela, 12 pessoas trabalham dia e noite para deixar tudo preparado para o desfile na terça-feira.

“É uma alegria muito grande voltar a desfilar no Carnaval da cidade. Estamos correndo contra o tempo para deixar tudo pronto. Vamos comemorar os 30 anos da Tradição com muito xote, xaxado e baião”, afirmou Antônia, que também falou da expectativa em buscar a oitava taça no Maricarnaval. “Queremos o título, mas independente disso vamos mostrar na avenida toda nossa alegria”, completou.

No barracão, em Itapeba, o diretor de Carnaval, Moreira Maia, de 68 anos, organiza a equipe que prepara os carros alegóricos e informou que, na próxima semana, será feito o acabamento dos veículos.

“Temos um ensaio na próxima terça-feira, dia 6, e a expectativa é enorme para fazer mais um grande Carnaval nessa volta com os desfiles. A comunidade está muito animada e vamos mostrar a força da Tradição”, destacou Moreira, que fundou a escola em 1993.

Tradição de Maricá

Cores: Verde e Branco
Presidente: Antônia de Oliveira
Vice-presidente: Jane Dias
Diretor de Carnaval: Moreira Maia
Carnavalesco: Renato Figueiredo
Samba-enredo: “A Asa Branca Tradição e a saga do sambaião”
Compositores: Pedrinho e Jota Pê
Intérpretes: Jota Pê, Pedrinho, Neguinho, Luizinho da Mumbuca, Ediel, Celsinho da Cabuçu e Amarildo.
Mestre sala e porta-bandeira: Cassia e Yuri / Gabriela e Felipe
Mestres de bateria: Armando e Gilson
Rainha Thayna Laysa
Princesa Rosana Barbosa

Samba-enredo “A Asa Branca Tradição e a saga do sambaião”

Voa minha Asa Branca
Vai contigo o meu cantar
Trinta anos de andanças
Junto ao verde esperança
Muita história pra contar
Sob as bençãos da senhora do Amparo
Resgatar sua raiz…as cantigas e a cultura
O folclore e a bravura
Outra vez ser tão feliz
Forrobodó até clarear…
Esse xaxado tá gostoso pra “daná”

Quando toca o frevo e o maracatu
Dá saudade do teu canto meu “amô”
Que embala o repentista e inspira o artista
A retratar-te minha “flô”…

Quando exala essência do mandacaru
Dá saudade do teu cheiro minha “flô”
Que embala o repentista e inspira o artista
A retratar nosso “amô”…

…Por essa terra…transborda alegria
Fogueira, quadrilha e casamento no arraiá
Aos santos, toda fé e devoção
Ao “Padim Ciço”…um pedido em oração
Pra chuva molhar o chão e abençoar o povo
Que luta de sol a sol por sua vocação
De um Brasil tropical cabra da peste
Moldado na arte e emoção
Pelos filhos do Nordeste

Vem ouvir o sambaião ô…cordel encantado
A Tradição desse povo arretado
…do meu torrão, a razão da minha vida
Em Maricá, a mais querida

Matérias Relacionadas

plugins premium WordPress