20.9 C
São Gonçalo
quinta-feira, julho 18, 2024

2ª Expo Eco reúne diversos agentes da sociedade em São Gonçalo

A programação desta quinta-feira (19) da 2ª Expo Eco, que está sendo realizada por diversas secretarias municipais de São Gonçalo, no Partege Shopping, foi um misto de informações e palestras. Hoje também foi realizada contação de histórias, com a participação do projeto “Uma história de escola em escola”, com Sandra Lima, Elaine Furlani e Júlia Dekid, com apresentação do texto “Verde que te quero ver”, falando sobre a conscientização do meio ambiente e ministrando oficinas para a preservação do planeta.
 
A Expo Eco é um momento que a cidade inteira ganha, com o compartilhamento de ações de políticas públicas, que tem sua importância para que as pessoas assumam a sua posição de cidadão em busca de uma melhor qualidade de vida. Por dia, cerca de 600 alunos da pré-escola até a Educação de Jovens e Adultos (EJA) participam de diversas vivências, entre elas, a dança, contação de histórias, escola protetora, arte e educação, horta escolar, palestra sobre o tabagismo, entre outros. Dentro do evento tem escolas municipais, estaduais e privadas, com cerca de nove escolas participando diariamente.
 
“A ideia da Expo Eco é fazer uma cidade educanda, onde o caminho da educação possa garantir uma cidadania transparente e ativa. Temos aqui uma intersetorialidade com a participação de empresas privadas, ONGs, instituições, os mais diversos agentes da sociedade e ao mesmo tempo com todas os participantes com foco no Objetivo Sustentável da Onu (ODS), entre elas Secretaria de Saúde, Desenvolvimento Social, Subsecretaria da Mulher, Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Secretaria de Meio Ambiente. Principalmente, precisamos buscar que tudo seja apresentado em prol de uma Educação com mais qualidade e, neste quesito, todas se fazem presente com a Secretaria de Educação” relatou Júlio Vidal, coordenador de Projetos da Secretaria Municipal de Educação de São Gonçalo.
 
“Estamos na Expo Eco trazendo o projeto em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, onde temos sempre uma vasta programação. Atualmente estamos levando o Escola Protetora para diversas unidades escolares, com o objetivo de sensibilizar o cuidado com o animal doméstico. Já convidamos apicultor para falar da importância de se preservar o ecossistema, criando multiplicadores para tratar bem não só os animais, mas tudo que envolve melhor qualidade de vida”, declarou Aretha Salles, coordenadora de projetos da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de São Gonçalo.

Matérias Relacionadas

plugins premium WordPress