21.9 C
São Gonçalo
terça-feira, maio 28, 2024

JUVRio oferece 20 mil bolsas para conclusão do ensino médio

Parceria com o projeto “Chegou A Minha Vez”, da plataforma Descomplica, tem aulas e materiais gratuitos. As inscrições vão até o dia 10 de maio.

Secretaria da Juventude Carioca oferece 20 mil bolsas de estudo para concluir o Ensino Médio
Secretaria da Juventude Carioca oferece 20 mil bolsas de estudo para concluir o Ensino Médio
De 29 de abril a 10 de maio, será possível se inscrever no “Chegou A Minha Vez”, projeto da plataforma online da Descomplica, que vai beneficiar 20 mil jovens cariocas (Foto: Divulgação)

A Secretaria Especial da Juventude Carioca (JUVRio) anunciou a oferta de 20 mil bolsas de estudo para jovens que desejam concluir o Ensino Médio através do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja). As inscrições para o projeto “Chegou A Minha Vez”, em parceria com a plataforma Descomplica, estão abertas desde o dia 29 de abril e vão até o dia 10 de maio, oferecendo aulas e materiais gratuitos para os inscritos.

A iniciativa é totalmente gratuita e destina-se a jovens cariocas que não concluíram o Ensino Médio. As bolsas oferecidas pelo projeto incluem aulas ao vivo e gravadas, exercícios e simulados, até duas redações por mês não cumulativas, além de uma comunidade de alunos para apoio mútuo. Os materiais de estudo abrangem todas as disciplinas presentes no edital da prova do Encceja, como Matemática, Ciências da Natureza, Linguagens e Redação, e Ciências Humanas.

O projeto “Chegou A Minha Vez” visa proporcionar uma jornada de desenvolvimento educacional para os participantes, com foco na empregabilidade e na preparação para a prova Encceja 2023, marcada para o dia 25 de agosto. A Secretária Especial da Juventude Carioca, Gabriella Sampaio, enfatizou a importância da democratização do ensino e da oferta de oportunidades para jovens que interromperam seus estudos devido a circunstâncias adversas.



continua depois da publicidade



“A quantidade de jovens que não concluíram o Ensino Médio é assustadoramente alta. Muitos foram forçados a interromper seus estudos por razões como necessidade de trabalho, maternidade precoce, ou dificuldades financeiras. Esses jovens, em sua maioria, são de favelas, periferias, subúrbios, pretos e jovens mães. A falta de educação formal impede que esses jovens acessem empregos melhores e ascensão econômica e social. Esta parceria é fundamental para permitir que esses jovens voltem a sonhar com um futuro melhor”, declarou a secretária Gabriella Rodrigues.

Os interessados em participar do projeto devem se inscrever no site da Descomplica. Para ser elegível, é necessário ter pelo menos 18 anos, não ter concluído o Ensino Médio e saber ler e escrever. O programa prioriza jovens com renda mensal inferior a R$ 1,5 mil; pretos, pardos e membros de comunidades nativas brasileiras; mulheres que deixaram os estudos por causa da maternidade; e jovens em situação de vulnerabilidade.

Esta iniciativa da Secretaria Especial da Juventude Carioca reflete um passo importante para diminuir a desigualdade educacional e promover oportunidades para os jovens da cidade. Com a oferta de bolsas gratuitas e um programa voltado para a inclusão e a diversidade, a iniciativa busca fornecer as ferramentas necessárias para que os jovens possam completar seus estudos e, assim, abrir portas para um futuro mais promissor.

Matérias Relacionadas

plugins premium WordPress