22.1 C
São Gonçalo
domingo, agosto 9, 2020

Pela 1ª vez desde janeiro, China não registra mortes por covid-19

Leia Mais

Um ano após sua morte, ex-cuidadora do ex-jogador Altair fala com exclusividade sobre o campeão mundial de 62

Neste domingo (09) de Dia dos Pais, faz um ano que o niteroiense Altair Gomes Figueiredo, campeão mundial pela seleção brasileira na Copa do...

‘Alicate’, um pai para toda hora

Neste domingo (09), é comemorado o Dia dos Pais. Entre tantas histórias de pais espalhados por São Gonçalo, está a de Aniceto José Camello, 68...

Ídolo do Flamengo, Petkovic casa sua filha Ana

Parte integrante de uma galeria de imortais do Clube de Regatas do Flamengo, o ex-atleta e hoje comentarista Dejan Petkovic, de 48 anos, viveu...

Corpo em chamas é encontrado em Itaipuaçu

Na manhã deste sábado (08), policiais do Programa Estadual de Integração na Segurança (Proeis), encontraram um corpo ainda em chamas na Rua do Canal,...

Nas últimas 24 horas não foi registrada nenhuma morte por covid-19 na China, o que ocorre pela primeira vez desde janeiro, o início da pandemia. Nesta terça-feira (7), a Comissão Nacional de Saúde da China informou que foram registrados 32 novos casos positivos, todos importados.

Há ainda o registro de 30 novos casos assintomáticos. Os assintomáticos começaram a ser incluídos nas contagens de infecções confirmadas a partir de 4 de abril.

O médico de doenças infeciosas Xangai Zhang Wenhong afirmou ao diário britânico The Guardian que os casos assintomáticos são estimados em 18% a 31% dos casos confirmados.Desde o início da pandemia, a China registrou 81.740 casos diagnosticados. Morreram 3,331 pessoas e 77.167 receberam alta.

O número total de infectados baixou para 1.242, ontem eram 1.299.

Os casos na China continental, que exclui Macau e Hong Kong, estão em queda desde março.

O país reforçou as restrições à chegada de estrangeiros por via aérea. Na última semana, o governo anunciou o aumento do controle nas fronteiras terrestes, onde o número de casos detectados ultrapassa os registrados nos aeroportos. Estão também proibidas a entrada e a saída de cidadãos estrangeiros.

Em Wuhan, a cidade onde começou a pandemia, as autoridades começaram, no mês passado, a diminuir as restrições aos habitantes, depois de meses de bloqueio para tentar conter a propagação do vírus.

À medida que as taxas de infecção caiam, mais de 7 mil habitações de Wuhan foram consideradas “livres da pandemia”, o que permitiu aos moradores que deixassem suas casas durante duas horas.

Fonte: Agência Brasil

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

Notícias Relacionadas

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas Notícias

Estudante morre em acidente de moto e noivo fica ferido em São Gonçalo

A história de amor do casal Lucas Quintanilha e Franciane Victoria de Oliveira, ambos de 19 anos, foi interrompida de forma trágica, na noite...

Homem é encontrado morto com tiros nas costas em Itaboraí

O corpo de um homem não identificado, de aparentemente 30 anos, foi achado na manhã da última sexta-feira (07), na Estrada Vila Nova, no...

Comerciante sequestrado em Maricá é encontrado morto em São Gonçalo

O comerciante Alexandro Pereira Baia que estava desaparecido há três dias, foi encontrado morto na noite da última quinta-feira (06). O corpo dele foi...

MAC e Museu Janete Costa reabrem neste sábado

Neste sábado (08), o Museu de Arte Contemporânea de Niterói e o Museu Janete Costa de Arte Popular, reabrem ao público. Para garantir a segurança...

Covid-19: Fiocruz recebe R$ 100 milhões para produção de vacina

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) recebeu R$ 100 milhões, em doação de um grupo de empresas, para investir no aprimoramento de suas instalações que...