15.9 C
São Gonçalo
quarta-feira, julho 6, 2022

No Dia Nacional de Combate ao Glaucoma, especialista dá dicas de tratamento

Leia Mais

Principal causa de cegueira irreversível no mundo, esta quinta-feira (26) é marcado pelo Dia Nacional de Combate ao Glaucoma, doença esta que acomete os olhos e que, quando não tratada, pode levar à perda da visão.

No Brasil, a doença atinge mais de 900 mil indivíduos, segundo o Ministério da Saúde. Por isso, é importante ficar atento para evitar o problema.

Algumas dicas são importantes e a melhor maneira de prevenir o glaucoma é consultar um médico especializado, pelo menos uma vez por ano, para avaliação e medição da pressão do olho.

“O glaucoma é uma doença que não apresenta sintomas, mas células do nervo ótico começam a degenerar, e isso pode gerar uma perda de visão. Por isso, é preciso fazer exames periódicos”, explica o médico oftalmologista Ricardo Yuji Abe.

Segundo ele, o glaucoma primário de ângulo aberto é o mais comum, respondendo por cerca de 80% dos casos. “Ele evolui silenciosamente, e na maior parte das vezes, o paciente não sente dor, coceira, ardência ou qualquer incômodo visual”.

Já o glaucoma de ângulo fechado provoca elevação rápida da pressão intraocular, podendo levar a sintomas como dor ocular e cefaleia.

De acordo com o especialista, um dos fatores de risco é a idade. “Segundo as pesquisas, a doença acomete 3% da população a partir dos 40 anos de idade. Em pessoas com mais de 80 anos, essa incidência pode passar para 8%”.

Entre os grupos de risco estão: pessoas com mais de 40 anos com histórico familiar da doença; população de etnia africana ou asiática; indivíduos que sofreram lesões físicas no olho; quem usa excessivamente medicamentos à base de corticoides e outras condições médicas.

Embora não tenha cura, o glaucoma, na maioria dos casos, pode ser controlado com tratamento adequado e contínuo, fazendo com que a perda da visão seja interrompida. Na maioria dos casos, é necessário o uso diário de colírios para controle. Mas também há tratamento com aplicação de laser ou procedimento cirúrgico.

Além dessas dicas, para prevenir o glaucoma, é importante uma alimentação equilibrada e a prática de atividades físicas, e consultar o médico oftalmologista regularmente.

Notícias Relacionadas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas Notícias