17.2 C
São Gonçalo
sábado, agosto 13, 2022

Campanha Nacional de Multivacinação infantil estará disponível em 55 postos de saúde em São Gonçalo

Leia Mais

A Secretaria de Saúde e Defesa Civil de São Gonçalo informou que o município estará mobilizado, a partir da próxima segunda-feira (08-08), para a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e de Multivacinação para atualização da caderneta da criança e adolescente 2021 até 14 anos. A campanha segue até o dia 9 de setembro, com o Dia D de imunização marcado para o dia 20 de agosto. A aplicação das vacinas acontecerá em 55 postos de saúde, segundo a Secretaria, sempre de segunda a sexta, das 8h às 17h.

A meta do Ministério da Saúde é vacinar contra a pólio 95% das crianças de 1 a 4 anos. Para multivacinação, a intenção é aumentar a cobertura vacinal contra doenças imunopreveníveis e atualizar a caderneta de vacinação das crianças de 0 a 14 anos, 11 meses e 29 dias não vacinados ou com esquema vacinal incompleto.

Estarão disponíveis para esta ação as vacinas dos calendários de vacinação da criança e do adolescente. São elas: BCG, Hepatite B, Pentavalente, Pólio Inativa, Pólio Oral, Rotavírus, Pneumocócica 10 valente, Meningocócica C, Febre Amarela, Tríplice Viral, Tetra Viral ou tríplice viral + varicela, DTP, Hepatite A, Varicela, Meningocócica ACWY, HPV, Influenza e DTPA.

Além de melhorar as coberturas vacinais, a campanha tem como objetivo diminuir a incidência das doenças imunopreveníveis e contribuir para o controle, eliminação e/ou erradicação das doenças imunopreveníveis. A contraindicação da aplicação das vacinas só acontece nos casos de evolução de doenças agudas febris. O uso de antibióticos não interfere na aplicação da vacina.

“Os responsáveis devem levar as crianças e adolescentes com a caderneta de vacinação. Elas serão avaliadas e a atualização será feita de acordo com a situação encontrada. A vacina da febre amarela não pode ser realizada, simultaneamente, com a vacina tríplice viral ou tetra viral para crianças com menos de 2 anos. E a vacina contra a covid-19 também não pode ser aplicada com as demais vacinas. Nesses casos, deve-se respeitar o intervalo de, no mínimo, 15 dias entre as doses. Todas as outras podem ser aplicadas no mesmo dia”, disse a coordenadora do Programa de Imunizações, Thainá Fratane.

Para o Ministério da Saúde, a campanha vai ajudar o Brasil na manutenção da erradicação da Poliomielite – também conhecida como paralisia infantil – e no controle das outras doenças imunopreveníveis. A não vacinação pode favorecer o aumento de doenças que estavam controladas e o surgimento daquelas que já estavam eliminadas, como o sarampo.

O Boletim Epidemiológico 20, publicado pela Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde em maio, aponta que já foram notificados 578 casos suspeitos da doença em 2022. Desses, 19 foram casos confirmados em laboratório.

A relação dos postos de saúde para a campanha pode ser conferida em www.saogoncalo.rj.gov.br.

Notícias Relacionadas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas Notícias