Museu de Arte do Rio recebe obras de artista de São Gonçalo

Nascido em Itaúna, o gonçalense se inspira na violência do dia a dia para produzir suas obras

As peças ‘Brincadeira’ e ‘Reforma’, ambas produzidas neste ano, marcam a estreia do artista plástico gonçalense Jefferson Medeiros, de 31 anos, na exposição ‘Casa Carioca’, no Museu de Arte do Rio, na Praça Mauá, Centro.

Adiada em função da pandemia do novo coronavírus, a mostra já está acontecendo online desde abril e receberá inscritos por meio do site do MAR de forma gratuita, para visitá-la nos próximos dias 22, 23, 24, 25 e 26, em três horários diferentes, as 800 obras em torno de temas relacionados à casa e ao habitar no Rio de Janeiro.

Vale salientar que as visitas atenderão os protocolos da Organização Mundial de Saúde (OMS) e serão permitidos apenas 60 pessoas no máximo em três horários diferentes.

Sobre sua participação, o jovem artista nascido em Itaúna e atualmente morando no Mutondo, em São Gonçalo, revela:

“As obras representam uma tentativa de enunciar e anunciar a existência do meu lugar social e dos meus próximos. Pensando tanto no cotidiano do trabalho quanto na exploração desse trabalho e na violência, que é mais uma barreira periférica”, explica.

Sobre Jefferson Medeiros

Mestre em Estudos Contemporâneos da Arte pela UFF, graduado em História pela UERJ-FFP, especializado em Ensino de Histórias e Culturas Africanas e Afro-brasileiras pelo IFRJ, músico percussionista e professor de História, Sociologia e Filosofia, Jefferson é, também, um dos maiores nomes da arte contemporânea do Rio de Janeiro e representa, o lado de cá da Baía de Guanabara.

Jefferson veste sua obra de arte que batizou de ‘Classe’

Autodidata e influenciado pela mãe artesã, o artista gonçalense já participou de outras grandes mostras, inclusive de âmbito nacional, tal como a Bienal Caixa Novos Artistas.

Para conferir o trabalho do artista, acesse o instagram @jmedeiros.ars

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.