19.5 C
São Gonçalo
domingo, maio 26, 2024

Mulher é detida após tentar sacar empréstimo de R$ 17 mil com cadáver em cadeira de rodas

A suspeita alegou ser sobrinha do falecido, e que sua rotina incluía cuidar do tio

Mulher é detida após tentar sacar empréstimo de R$ 17 mil com cadáver em cadeira de rodas
Mulher é detida após tentar sacar empréstimo de R$ 17 mil com cadáver em cadeira de rodas
A mulher alegou ser sobrinha do falecido, e a todo momento tentava deixar a cabeça do homem reta (Reprodução/Twitter)

Na tarde desta terça-feira (16), uma mulher foi conduzida à delegacia após tentar sacar um empréstimo de R$ 17 mil em uma agência bancária de Bangu, na Zona Oeste do Rio, acompanhada de um cadáver em uma cadeira de rodas. A suspeita, identificada como Érika de Souza Vieira Nunes, alegou ser sobrinha do falecido, identificado como Paulo Roberto Braga, de 68 anos. O valor já estava pré-aprovado em nome do idoso, segundo informações do Jornal Nacional (TV Globo).

Tecnologia, empreendedorismo e iniciação científica foram os temas do último dia da Expo Maricá

Funcionários do banco suspeitaram da situação e acionaram a polícia. Ao chegarem ao local, os policiais constataram que o homem estava morto há algumas horas. “Ela tentou simular que ele fizesse a assinatura. Ele já entrou morto no banco“, afirmou o delegado Fábio Luiz ao RJ2, da TV Globo. A mulher afirmou que sua rotina incluía cuidar do tio debilitado, porém, a polícia está investigando se há vínculo familiar entre eles.



continua depois da publicidade



Um vídeo registrado pelas atendentes do banco mostra a mulher tentando manter a cabeça do homem erguida enquanto conversa com ele, aparentemente acreditando que ele está vivo. A polícia está apurando se houve furto mediante fraude ou estelionato por parte da suspeita.

Guarda Municipal resgata jiboia em Jardim Interlagos

A investigação também busca entender se outras pessoas estiveram envolvidas no incidente e está procurando por imagens de segurança que possam esclarecer o ocorrido. O corpo do idoso foi encaminhado para o Instituto Médico Legal para realização de exames. A mulher ainda prestava depoimento na delegacia até as 19h.

Matérias Relacionadas

plugins premium WordPress