21.9 C
São Gonçalo
terça-feira, maio 28, 2024

São Gonçalo faz ação para conscientizar sobre hipertensão

Considerada uma enfermidade silenciosa, a hipertensão arterial tem seu dia de prevenção e combate lembrado no dia 26 de abril. O dia serve de alerta para os perigos causados pela doença se não for tratada corretamente. Para conscientizar a população sobre a importância de conhecer, prevenir e tratar a hipertensão, o Programa de Hipertensão e Diabetes (Hiperdia) da Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil (Semsa) vai dar orientações nas salas de espera das unidades de saúde da rede municipal na última semana do mês.

A hipertensão atinge, principalmente, a população adulta e pode causar danos irreparáveis à saúde se não tratada. Por isso, o Programa de Hipertensão e Diabetes (Hiperdia) atua em toda rede municipal de saúde com a vigilância dos casos, monitoramento e desenvolvimento das linhas de cuidado para a doença. São Gonçalo tem um total de 105.716 hipertensos cadastrados e o programa orienta a promoção, prevenção e reabilitação, além de estimular o autocuidado dos pacientes, evitando hospitalizações e complicações.

A predisposição genética, o estilo de vida (sedentarismo, estresse, ansiedade e preocupações constantes) e alimentação com muito sal (sódio) são os principais fatores que podem desencadear a hipertensão arterial. Nos atendimentos nas unidades de saúde, o Programa de Hipertensão e Diabetes estimula a equipe técnica a abordar os usuários sobre a importância da mudança de estilo de vida, evitando o estresse e praticando atividades físicas. Alguns medicamentos prescritos pelos médicos também são distribuídos nos polos sanitários.

“No programa, nós orientamos como cada paciente deve agir para manter uma boa qualidade de vida, incluindo a orientação com a alimentação e exercícios físicos, desde a marcação da primeira consulta. Também acompanhamos a evolução do paciente e medimos a pressão nas unidades. Evitar o consumo de alimentos gordurosos, reduzir o consumo de sal, optar por frutas e legumes, reduzir o consumo de álcool e tabaco é uma boa receita para evitar a doença”, explicou a coordenadora do Programa de Hipertensão e Diabetes da Secretaria, Mara Cortazio.

Regulação – Todas as consultas para as unidades de saúde da rede pública de São Gonçalo são marcadas através da Central de Regulação da Secretaria. Para marcar, o gonçalense pode procurar qualquer unidade de saúde da rede municipal, independente se será atendido naquele local. As unidades inserem os pacientes no sistema da Central de Regulação, que vai entrar em contato – através do telefone – para avisar sobre a marcação do serviço, que será agendado em local que for mais próximo de sua residência. Por isso, é muito importante que os pacientes mantenham um telefone que funcione e esteja atualizado no cadastro. O contato e endereço do morador também podem ser atualizados em qualquer unidade de saúde.

Hipertensão – Nem todos os hipertensos sentem os sintomas da pressão alta. Por isso, ela é silenciosa e perigosa. Os sintomas podem aparecer somente quando a pressão sobe muito, mas não é regra. Quando ocorrem, os sintomas mais comuns são: dores no peito, cabeça, tonturas, zumbido no ouvido, fraqueza, visão embaçada e sangramento nasal. A falta de tratamento da hipertensão pode levar ao risco de infarto, acidente vascular cerebral, insuficiência cardíaca, doença renal crônica e alterações na visão que podem levar à cegueira e até a morte em casos mais graves.

Matérias Relacionadas

plugins premium WordPress