23.5 C
São Gonçalo
terça-feira, junho 25, 2024

Prefeito de Niterói visita obras do Centro Eco Cultural do Parque Orla Piratininga

Novo espaço voltado para educação ambiental será aberto no segundo semestre

Prefeito Axel Grael visita obras do Centro Eco Cultural do Parque Orla Piratininga (POP)
Prefeito Axel Grael visita obras do Centro Eco Cultural do Parque Orla Piratininga (POP)
A grande praça coberta do pavimento térreo do novo Centro Eco Cultural contará com os serviços de recepção; guarda-caiaques; espaço multiuso; sanitários e vestiários; e restaurante (Foto: Alex Ramos)

O prefeito Axel Grael visitou nesta quarta-feira as obras do Centro Eco Cultural do Parque Orla Piratininga (POP), que será inaugurado no segundo semestre deste ano. Localizado às margens da Lagoa de Piratininga, o novo espaço é voltado para a educação ambiental e contará com salas multiusos e espaços expositivos.

O conceito arquitetônico do Centro Eco Cultural foi desenvolvido para destacar a Lagoa de Piratininga como protagonista, integrando o centro ao seu perímetro e reforçando a conexão dos moradores com o ambiente natural. “Aqui neste local, as pessoas poderão conhecer o Parque Orla de Piratininga, que terá exposições sobre o ecossistema da lagoa, além de atividades culturais e apresentações musicais. Quem vier de caiaque poderá desfrutar da beleza da Lagoa de Piratininga. Estamos acompanhando de perto esse trabalho e tenho certeza de que a população vai gostar muito do Parque Orla de Piratininga,” afirmou o prefeito Axel Grael.

A grande praça coberta do térreo contará com recepção, guarda-caiaques, espaço multiuso, sanitários, vestiários e restaurante. A circulação pelo local foi projetada para abrigar exposições temporárias e fixas, com uma escadaria que também funcionará como arquibancada, proporcionando um espaço informal para reuniões comunitárias. Além disso, o espaço contará com um painel de azulejos pintado pela artista portuguesa Bela Silva.

Dionê Marinho Castro, coordenadora do Programa PRO Sustentável, ressaltou a importância científica do local. “O espaço não será apenas cultural, mas também científico, com conteúdo técnico-científico que reproduz a biodiversidade da Região Oceânica e a dinâmica dos alagados construídos, essenciais para a recuperação da Lagoa de Piratininga. Este é o início do trabalho de recuperação da lagoa,” explicou Castro.



continua depois da publicidade



Para garantir a acessibilidade, está sendo instalada uma plataforma elevatória na recepção, permitindo o acesso de pessoas com mobilidade reduzida a todas as áreas do centro. O mezanino abrigará salas de reuniões e administrativas, além de passarelas e espaços para exposições e encontros.

O Parque Orla Piratininga (POP), maior projeto de soluções baseadas na natureza do Brasil, protege o meio ambiente, trata as águas dos rios e promove a recuperação de áreas degradadas. Integrado ao Programa Região Oceânica Sustentável (PRO Sustentável) e financiado pelo Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF), o parque recebeu um investimento de R$ 100 milhões. Ele conta com jardins filtrantes que limpam as águas pluviais e das bacias hidrográficas, devolvendo água de qualidade à lagoa.

Com uma área de 680 mil metros quadrados, incluindo as ilhas do Modesto, Pontal e do Tibau, o projeto possui quatro píeres de contemplação, seis de pesca, 10,6 km de ciclovia, 17 áreas de lazer, três mirantes e o centro ecocultural voltado para a educação ambiental.

O Parque Orla Piratininga ganhou o Prêmio Firjan de Sustentabilidade 2023 na categoria Biodiversidade e Serviços Ecossistêmicos, além de ser reconhecido pelo “Prêmio Cidades Sustentáveis: acelerando a implementação da Agenda 2030” como o melhor projeto ambiental do país. Também foi vencedor na categoria “Desenvolvimento Urbano Sustentável e Mobilidade” do LATAM Smart City Awards 2023, no México.

Matérias Relacionadas

No Content Available
plugins premium WordPress