24.5 C
São Gonçalo
segunda-feira, junho 24, 2024

Por um Tiquinho, Botafogo vence o Palmeiras fora de casa e dispara na liderança do Brasileirão

Contra o Palmeiras, Tiquinho Soares marcou o décimo gol dele no Brasileirão (Foto: Eduardo Carmim/Photo Premium/Gazeta Press)

O Botafogo é cada vez mais líder do Campeonato Brasileiro e graças a Tiquinho Soares. Artilheiro da competição, o atacante botafoguense marcou o gol da vitória por 1 a 0 do Glorioso sobre o Palmeiras, na tarde deste domingo (25), em pleno Allianz Parque. Agora, ele tem 10 gols na competição nacional.

O encontro ampliou para sete pontos a vantagem do Glorioso na liderança do Brasileirão. O Verdão, que era o vice-líder, perdeu uma posição, foi ultrapassado pelo Grêmio e agora está a oito pontos da ponta da tabela.

As duas equipes têm compromissos internacionais no meio de semana. Enquanto os palmeirenses recebem o Bolívar, da Bolívia, pela Libertadores, na quinta-feira (29), para decidir a liderança do C da Libertadores, os botafoguenses, também em casa, enfrentam o Magallanes, do Chile, para assegurar a primeira colocação do grupo C da Copa Sul-Americana.

PALMEIRAS CONTROLAVA O JOGO, MAS…

Foram dois, três minutos, no máximo em que o Botafogo se lançou ao ataque e parecia controlar o Palmeiras. Rapidamente o Verdão tomou as rédeas da partida e empilhou boas chegadas ao ataque, a maioria passando diretamente pelo atacante Rony. Em duas, inclusive, Raphael Veiga estava em melhores condições e poderia ter finalizado melhor. A principal delas, no entanto, teve participação de ambos. Veiga fez um lindo lançamento em profundidade, Rony recebeu, invadiu a área e bateu cruzado para fora. O lance, no entanto, estava impedido. O Palestra rondou muito mais a área adversário do que os cariocas, mas precisva ter caprichado mais, e aí…

…O FUTEBOL NÃO PERDOA ERROS, AMIGO

Aos 27 minutos, o Botafogo teve uma falta na intermediária ofensiva, Hugo levantou, Tiquinho Soares estava livre na altura do segundo pau e aproveitou que a bola foi mal afastada por Zé Rafael, para dar um corte seco no meia palmeirense e colocar no canto esquerdo do goleiro Weverton, abrindo o placar para o Glorioso. Foi o décimo gol do centroavante botafoguense, que é o artilheiro do Brasileirão.

VAR TIRA O EMPATE DO PALMEIRAS

Logo após sofrer o gol, o Palmeiras buscou a resposta e quase chegou ao empate com Raphael Veiga. O meia palmeirense recebeu um cruzamento por baixo de Artur, vindo pelo lado direito, e a finalização obrigou o goleiro Lucas Perri a defender em dois tempos.

Pouco depois,  o Verdão conseguiu marcar, com o capitão Gustavo Gómez, que aproveitou um ótimo cruzamento de Richard Ríos para cabecear para o fundo da rede. No entanto, a arbitragem de vídeo, ao chegar ao lance e traçar as linhas, detectou impedimento milimétrico do zagueiro palmeirense. Todo o momento de revisão foi mostrado nos telões do Allianz Parque.

No fim do primeiro tempo, o Palmeiras teve mais uma grande chance, quando Artur finalizou forte e obrigou Lucas Perri a novamente fazer boa defesa.

PALMEIRAS NÃO VOLTA TÃO INTENSO, E BOTAFOGO PERDE CHANCE INCRÍVEL

Se esperava um Palmeiras colocando a mesma pressão do primeiro tempo, no segundo. No entanto, a equipe alviverde teve muitas dificuldades contra um sistema defensivo bem postado do Botafogo, que também fez o Palestra provar do próprio veneno: as transições ofensivas com muita velocidade.

Quando Raphael Veiga cobrou um escanteio muito mal, Segovia disparou pela direita, serviu Eduardo, que colocou Victor Sá na cara de Weverton. O atacante botafoguense, no entanto, mandou para fora.

VEIGA MANDA PARA FORA O QUE SERIA O EMPATE PALMEIRENSE

Depois de sofrer o susto, o Palmeiras, que seguia tendo muitas dificuldades frente à defesa botafoguense, desperdiçou duas chances de perigo. Na primeira, Artur colocou na área, a bola passou por Rony, o quique enganou o goleiro Lucas Perri e passou tirando tinta da trave. Na segunda, o garoto Luís Guilherme, que saiu do banco de reservas, apertou a saída de bola

Mas a grande chance palmeirense de ter, pelo menos, empatado a partida foi quando Raphael Veiga mandou para fora uma cobrança de pênalti, que Flaco López, que também começou entre os reservas, sofreu. O meia palmeirense, que não fez uma boa partida, pegou torto na bola, em direção ao canto esquerdo, em que Lucas Perri pulou.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 0 X 1 BOTAFOGO

CAMPEONATO BRASILEIRO – 12ª RODADA

Local: Allianz Parque, São Paulo (SP)
Data e hora: 25 de junho de 2023, às 20h (horário de Brasília)
Árbitro: Anderson Daronco (FIFA/RS)
Assistentes: 
Rafael da Silva (FIFA/RS) e Kleber Lucio Gil (SC)
VAR: 
Rafael Traci (VAR-FIFA/SC)
Público e renda: 38.877 pessoas / R$ 4.160.197,59
Cartões amarelos: Abel Ferreira (Palmeiras); Tchê Tchê e Danilo Barbosa, Matheus Nascimento (Botafogo)
Cartões vermelhos: 

GOL: 0-1 Tiquinho Soares (27’/1T)

PALMEIRAS
Weverton; Mayke (Endrick, 43’/2T), Gustavo Gómez, Luan e Piquerez; Zé Rafael, Richard Ríos (Flaco López, 11’/2T) e Raphel Veiga (Jhon Jhon, 43’/2T); Artur (Bruno Tabata, 26’/2T), Rony e Dudu (Luís Guilherme, 26’/2T). Técnico: Abel Ferreira.

BOTAFOGO
Lucas Perri; Rafael (Di Plácido, 28’/2T), Adryelson, Victor Cuesta e Hugo; Marlon Freitas, Tchê Tchê (Danilo Barbosa, intervalo) e Eduardo; Junior Santos (Matías Segovia, intervalo), Tiquinho Soares (Matheus Nascimento, 38’/2T) e Victor Sá (Luis Henrique, 20’/2T). Técnico: Luis Castro.

Fonte: Lance!

Matérias Relacionadas

plugins premium WordPress