21.9 C
São Gonçalo
terça-feira, maio 28, 2024
Faleceu o escritor e desenhista Ziraldo, aos 91 anos
Faleceu o escritor e desenhista Ziraldo, aos 91 anos
Ziraldo foi uma figura de extrema importância na imprensa e na literatura brasileira. Suas criações deixam um grande legado (Foto: Marília Camelo)

Neste sábado (6), aos 91 anos de idade, faleceu o consagrado desenhista, escritor, chargista e jornalista Ziraldo, criador de personagens icônicos como “O Menino Maluquinho” e “Turma do Pererê”. A triste notícia foi confirmada pela família do artista na tarde deste sábado.

Ziraldo veio a óbito enquanto dormia, em sua residência localizada em um apartamento no bairro da Lagoa, na Zona Sul do Rio de Janeiro, por volta das 15h.

O velório do renomado artista está programado para ocorrer neste domingo (7) às 10h, na Associação Brasileira de Imprensa, situada no Centro da cidade do Rio de Janeiro. Em seguida, o sepultamento acontecerá às 16h30, no Cemitério São João Batista, localizado em Botafogo, também na Zona Sul carioca.

Estudante gonçalense representa a cidade na Conferência Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente em Brasília

Além de sua notável contribuição para a literatura infantil e juvenil com obras que marcaram gerações, Ziraldo também desempenhou um papel significativo na imprensa brasileira. Nos anos 1960, foi um dos fundadores do jornal “O Pasquim”, veículo de comunicação reconhecido por sua postura crítica e combativa durante a ditadura militar no Brasil.

A partida de Ziraldo deixa um vazio no cenário cultural brasileiro, mas seu legado continuará vivo através de suas obras que encantaram e inspiraram inúmeras gerações ao longo dos anos.

Pedacinho do Céu: Segundo dia com shows de Rock Nacional e homenagem a Tim Maia

O legado que Ziraldo deixou na literatura

Ziraldo Alves Pinto, conhecido popularmente como Ziraldo, foi um renomado desenhista, escritor, chargista e jornalista brasileiro. Nasceu em Caratinga, Minas Gerais, em 24 de outubro de 1932, e faleceu no Rio de Janeiro em 6 de julho de 2019, aos 91 anos.

Ziraldo ficou amplamente conhecido por suas contribuições para a literatura infantil e juvenil, tendo criado personagens icônicos como “O Menino Maluquinho”, “O Menino Marrom” e “A Turma do Pererê”. Suas obras se destacam por abordar temas relevantes para o público infantojuvenil, como amizade, aventura e valores familiares, de forma lúdica e criativa.

Além de sua produção literária, Ziraldo também deixou sua marca na imprensa brasileira. Foi um dos fundadores do jornal “O Pasquim”, veículo de comunicação que ganhou destaque nas décadas de 1960 e 1970 por sua postura crítica e humorística, tornando-se um importante símbolo de resistência à ditadura militar no Brasil.

Ao longo de sua carreira, Ziraldo recebeu diversos prêmios e homenagens, tanto nacionais quanto internacionais, em reconhecimento ao seu talento e contribuição para a cultura brasileira. Sua obra continua a ser celebrada e apreciada por pessoas de todas as idades, deixando um legado duradouro no cenário artístico e cultural do país.

Matérias Relacionadas

plugins premium WordPress