24.9 C
São Gonçalo
terça-feira, abril 23, 2024

Laudo diz que acusado de matar jovem em shopping de Niterói é doente mental

Leia Mais

Um novo capítulo sobre a morte da jovem Vitórya Melissa Mota, esfaqueada dentro de um shopping em Niterói, em junho de 2021, surpreendeu a todos nesta terça-feira (25).

Isso porque Matheus dos Santos da Silva, de 22 anos, acusado de cometer o crime, sofre de transtorno mental e não dispõe de capacidade para entender o ato, como aponta o laudo psiquiátrico.

Com isso, o parecer assinado pela médica psiquiatra Sandra Greenhalgh dá conta de que ele não tinha qualquer capacidade de entender o crime que estava cometendo.

A partir do resultado do laudo, a defesa de Matheus aposta na redução da pena e que o cumprimento ocorrerá por meio de tratamento psiquiátrico.

Segundo o laudo, Matheus foi diagnosticado com transtorno esquizotípico – doença mental que dificulta a manutenção de relacionamentos saudáveis. Ainda de acordo com a psiquiatra, o acusado precisa ser internado para tratamento, com reavaliação a cada três anos.

O laudo médico contraria a denúncia do Ministério Público, que qualifica o crime como homicídio qualificado, e pede pena de 12 a 30 anos de prisão. O julgamento estava marcado para o dia 6 de dezembro do ano passado, mas a juíza Nearis dos Santos Arce pediu a perícia médica para avaliar as capacidades mentais do acusado.

Notícias Relacionadas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas Notícias

plugins premium WordPress