17.2 C
São Gonçalo
sábado, agosto 13, 2022

Fiéis se reinventam para distribuir doces de São Cosme e Damião na pandemia

Leia Mais

A celebração do dia de São Cosme e São Damião é conhecida tradicionalmente como um momento de reunião entre religiosos e simpatizantes que distribuem doces em saquinhos e crianças que se juntam para ir atrás das guloseimas. Este cenário festivo, no entanto, dificilmente se repetirá neste ano por causa da pandemia causada pela Covid-19. Com isso, neste ‘novo normal’, até mesmo as tradições mais importantes precisaram sofrer mudanças e no dia de São Cosme e Damião não será diferente.

Comemorado neste domingo (27), a distribuição de doces de São Cosme e Damião não poderá contar com aglomerações, impactando assim até mesmo na quantidade de saquinhos distribuídos pelos fiéis. Em um dos Centros Espíritas mais antigos e tradicionais de São Gonçalo, o Centro Tenda Umbandista Pai Malaquias, localizado no bairro Barracão, a data não será deixada em branco.

Segundo o dirigente do Centro, Pai Germano, 59 anos, haverá uma reunião interna entre os médiuns, seguindo todas as medidas de proteção sanitárias. Além disso, a distribuição de doces para as crianças do bairro será diferenciada.

“Geralmente entregamos de 300 a 400 saquinhos de doces, mais de 200 crianças ficavam na nossa porta esperando para receber o seu, era uma festa. Mas com a pandemia mudamos, vamos distribuir cerca de 150 saquinhos entre os médiuns. Cada um vai levar uma quantidade e fazer a distribuição separadamente”, explica Pai Germano.

Para os fiéis da religião Umbandista, o dia de São Cosme e Damião é uma das principais datas festivas. “A festa acontece em homenagem às crianças que já desencarnaram e que agora voltam para brincar e comer doce”, explica o dirigente do Centro.

Quem foram São Cosme e Damião

O Dia de São Cosme e Damião é comemorado em 27 de setembro. Ao lado de São Lucas, são conhecidos como os santos padroeiros dos médicos e dos farmacêuticos. Nesta data, em praticamente todo o país, existe o hábito de dar doces e brinquedos para as crianças, que vão para as ruas a fim de receberem essas recompensas.

Cosme e Damião eram dois irmãos árabes, provavelmente gêmeos, que residiam na região da Ásia Menor. Eles eram médicos cristãos e demonstravam grande compaixão pelos doentes, seres humanos e animais, curando-os sem exigir recompensa. Ficaram conhecidos como inimigos do dinheiro e, posteriormente, foram acusados de serem inimigos dos deuses romanos. Por esse motivo, os jovens foram condenados à morte por ordem do Imperador Diocleciano, por volta do século IV d.C.

Notícias Relacionadas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas Notícias