20.9 C
São Gonçalo
sábado, junho 22, 2024

Dia Mundial sem Tabaco: Niterói promove tratamento gratuito

Prefeitura de Niterói oferece programa de controle de tabagismo

Dia Mundial sem Tabaco: Prefeitura de Niterói tem Programa de Controle de Tabagismo
Dia Mundial sem Tabaco: Prefeitura de Niterói tem Programa de Controle de Tabagismo
Município conscientiza jovens dos danos provocados pelo fumo (Foto: Alex Ramos)

Em comemoração ao Dia Mundial sem Tabaco, a Prefeitura de Niterói destaca os esforços do seu Programa de Controle de Tabagismo, que oferece tratamentos integrais e gratuitos para moradores que desejam parar de fumar. A data, instituída pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em 1987, tem como objetivo conscientizar sobre as doenças e mortes evitáveis relacionadas ao tabagismo.

Desenvolvido pela Secretaria Municipal de Saúde, o programa em Niterói inclui uma consulta inicial individual, abordagem cognitivo-comportamental, e tratamento farmacológico de apoio. “A nossa rede municipal proporciona auxílio para qualquer morador que deseje parar de fumar, através da assistência dos profissionais qualificados que fazem parte do nosso Programa de Controle de Tabagismo”, explica a secretária Anamaria Schneider.



continua depois da publicidade



Os tratamentos são oferecidos em várias unidades de saúde do município, incluindo as policlínicas de Itaipu, Carlos Antônio da Silva, Fonseca, Largo da Batalha, Sérgio Arouca, Engenhoca e Barreto, na Unidade Básica da Engenhoca, no Hospital Universitário Antônio Pedro e no Instituto Estadual de Doenças do Tórax Ary Parreiras.

Foco na Juventude

Este ano, a campanha do Dia Mundial sem Tabaco tem como tema “Proteção das crianças contra a interferência da indústria do tabaco”. A iniciativa visa promover uma mudança de comportamento e proteger as novas gerações dos perigos do uso do tabaco, alertando sobre as táticas da indústria para atrair crianças e adolescentes, com o intuito de garantir e expandir seu mercado consumidor.

Dados da última Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PeNSE), realizada em 2019, mostram que 16,8% dos estudantes de 13 a 17 anos já experimentaram o cigarro eletrônico. A taxa é de 13,6% entre os jovens de 13 a 15 anos e 22,7% entre os de 16 e 17 anos. A experimentação é maior entre os meninos (18,1%) do que entre as meninas (14,6%).

A Prefeitura de Niterói reforça a importância de campanhas educativas e do acesso a tratamentos para combater o tabagismo, especialmente entre os jovens, buscando criar um futuro mais saudável e livre de tabaco para todos.

Matérias Relacionadas

No Content Available
plugins premium WordPress