15.9 C
São Gonçalo
quarta-feira, julho 6, 2022

Conheça as cinco frutas com mais agrotóxicos no Brasil

Leia Mais

Apesar de não serem facilmente identificados nos alimentos, os agrotóxicos podem ficar superficialmente nas cascas ou penetrarem até as partes mais internas dos vegetais.

Ainda assim, aparentes ou não, os pesticidas podem colocar a nossa saúde em risco e serem os maiores responsáveis pelo desenvolvimento de diversas doenças.

Com isso, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) – órgão responsável por definir quais são os tipos e as quantidades adequadas de agrotóxicos que podem ser utilizados em cada alimento – periodicamente publica uma análise sobre os resíduos dessas substâncias em frutas e legumes por meio do Programa de Análises de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos.

A última edição foi anunciada no final de 2019, referente a uma avaliação realizada entre os anos de 2017 e 2018. Deste modo, continue lendo esse artigo até o final para descobrir quais são as cinco frutas com mais agrotóxicos segundo a análise da Anvisa.

Goiaba

Foram analisadas 283 amostras de goiaba e detectados 43 tipos de agrotóxicos dentre os 241 pesquisados. Além disso, a análise também identificou 115 amostras com resíduos de agrotóxicos não permitidos para a cultura e 18 acima do liberado.

Abacaxi

Das 347 amostras estudadas, foram identificados 28 tipos de agrotóxicos dentre os 243 pesquisados. Além disso, 28 se encontravam com níveis acima do liberado e 18 com resíduos de agrotóxicos não permitidos.

Manga

Foram analisadas 350 amostras de manga e detectados 33 tipos de agrotóxicos dentre os 242 pesquisados. Além disso, a análise também identificou 31 amostras com resíduos de agrotóxicos não permitidos para a cultura e 32 acima do liberado.

Uva

Das 319 amostras estudadas, foram identificados 66 tipos de agrotóxicos dentre os 243 pesquisados. Além disso, 49 se encontravam com níveis acima do liberado e 48 com resíduos de agrotóxicos não permitidos.

Laranja

Foram analisadas 382 amostras da fruta, sendo que foram detectados 47 agrotóxicos dentre os 242 pesquisados. Em cinco amostras os níveis do produto estavam acima do permitido. Já 48 amostras apresentaram agrotóxicos não autorizados para este tipo de cultura.

Notícias Relacionadas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas Notícias