23.9 C
São Gonçalo
domingo, junho 16, 2024
RJ - COLETIVA/ENTREVISTA/RIO DE JANEIRO - CIDADES - A deputada federal Flordelis (PSD) concedeu uma entrevista coletiva na tarde desta terça-feira (25), na Barra da Tijuca, para falar sobre o assassinato do marido, Anderson do Carmo, morto no domingo (16). Na ocasião, ela defendeu os filhos Lucas e Flávio, presos suspeitos pelo crime. 25/06/2019 - Foto: LUCIANO BELFORD/AGÊNCIA O DIA/AGÊNCIA O DIA/ESTADÃO CONTEÚDO

O caso da deputada federal Flordelis foi encaminhado para o Conselho de Ética, após decisão unânime da Mesa Diretora da Câmara dos Deputados na manhã desta quarta-feira (28).

A parlamentar é acusada de ser a mandante do assassinato do pastor Anderson do Carmo, seu próprio marido, morto a tiros em sua própria casa, em Niterói, no mês de junho de 2019.

Ela segue em liberdade por ter imunidade parlamentar, mas tem sido monitorada por uma tornozeleira eletrônica desde o dia 8 deste mês.

A reunião estava prevista para última terça-feira (27), mas precisou ser adiada para esta quarta-feira.

Mesmo após a decisão da Direção da Câmara, o caso não será retomado imediatamente, pois o Conselho de Ética segue fechado devido a pandemia do novo coronavírus.

O funcionamento do Conselho depende da aprovação pelo plenário principal da Câmara de um projeto de resolução. Até o momento não há definição para essa votação.

Matérias Relacionadas

No Content Available
plugins premium WordPress