23.9 C
São Gonçalo
sexta-feira, maio 24, 2024

Casal transsexual é agredido em bar na Região dos Lagos

Ariela Nascimento e o namorado foram agredidos com chutes e golpes de madeira por grupo de homens em Cabo Frio

Casal transsexual é agredido em bar no RJ
Casal transsexual é agredido em bar no RJ
Ariela Nascimento é assessora da vereadora de Niterói, Benny Briolly (PSOL) (Foto: Reprodução/Instagram @ariela.nascimento)

Um casal transsexual foi agredido por um grupo de homens na saída de um bar em Cabo Frio, na madrugada do último domingo (5). Ariela, uma mulher transsexual, estava acompanhada do namorado, Bruno Henrique, um homem transsexual, e relatou que homens os agrediram com chutes e golpes de madeira. A polícia civil investiga o ocorrido, e realiza diligências no local do crime.

Ariela é assessora parlamentar da vereadora de Niterói, Benny Briolly (PSOL). Benny lamentou a violência que ocorreu três dias após a Justiça do Rio ter condenado o deputado estadual Rodrigo Amorim (União Brasil) por transfobia contra ela.

A assessora relatou que buscou atendimento no hospital, e novamente sofreu transfobia por parte de um segurança. “Angel que veio me dar suporte em conjunto com o centro de cidadania e a superintendência do município foi tratada com desrespeito e negligência pela equipe médica, que se recusou a fornecer as informações necessárias para que ela pudesse prestar queixa juntamente a mim e denunciar o ocorrido, e ainda foi agredida junto ao meu namorado por um segurança do hospital enquanto tentava encontrar meios de me ajudar a conseguir justiça para situação toda”, contou Ariela em post no Instagram.



continua depois da publicidade



No relato de Ariela, ela conta que ela e o namorado estavam no bar, quando um homem começou a assediá-los. Ao resolverem deixar o estabelecimento, o casal foi surpreendido por um grupo que já os esperava. Bruno ficou machucado ao tentar defendê-la. Ariela ainda relatou que alguns golpes desferidos acertaram os seios dela, que possuem implantes de silicone indústrial, e ela teme que isso se complique posteriormente.

A assessora disse estar seguindo com o procedimento das denúncias afim de obter ajuda pelos meios legais para haver justiça sobre o que aconteceu. O crime está sendo apurado pela 126ª DP em Cabo Frio, e segue em investigação até o presente momento.

Matérias Relacionadas

plugins premium WordPress