24.9 C
São Gonçalo
terça-feira, maio 28, 2024

Trens e barcas sofrerão aumento na tarifa a partir de fevereiro de 2021

Foi aprovado pela Agência Reguladora de Serviços Públicos Concedidos de Transportes Aquaviários, Ferroviários e Metroviários e de Rodovias do Estado do Rio de Janeiro (Agetransp) o reajuste de tarifas para trens e barcas a partir de fevereiro de 2021.

Com isso, os usuários destes meios de transportes vão sentir no bolso a mudança.

A partir do dia 2 de fevereiro de 2021, a tarifa de trens da SuperVia sofrerá um reajuste de 25,5% e passará dos atuais R$ 4,70 para R$ 5,90 e a CCR Barcas terá um reajuste de 6,1%, ou seja, a tarifa de R$ 6,50 passará a ser de R$ 6,90.

Já a linha Charitas também terá mudanças, de R$ 18,20 passará a ser R$ 19.

O reajuste da Supervia, segundo a Agetransp, foi calculado com base no contrato de concessão, onde o indexador é o IGP-M, no qual o acumulado nos últimos 12 meses alcançou os 25,5%. O órgão informou também que o IGP-M é impactado diretamente pelo progressivo aumento nos preços da cesta básica.

Desde março, quando começou a pandemia no país, a SuperVia e o Metrô afirmaram ter prejuízo de mais de R$ 200 milhões.

“Em virtude de um reajuste tão expressivo, o Conselho Diretor da Agetransp recomendou ao Governo do Estado Rio de Janeiro a adoção de medidas para a redução dos valores. O Estado do Rio tem um estudo em andamento para a repactuação do contrato de concessão e a adoção de outro índice de reajuste do preço das passagens. Os indexadores são escolhidos pelo poder concedente (Governo do Rio de Janeiro) no lançamento do edital da concessão do serviço. A CCR Barcas teve homologado o reajuste de 6,1%, cujo valor é indexado pelo IPCA”, disse em nota.

Matérias Relacionadas

plugins premium WordPress