26.9 C
São Gonçalo
sexta-feira, maio 24, 2024

Termina no dia 30 prazo para empresas de Niterói aderirem ao Programa Municipal de Neutralização de Carbono

Foto: Luciana Carneiro / Prefeitura de Maricá

Termina no dia 30 deste mês (domingo) o prazo de inscrição e de adesão de empresas e associações ao Programa Municipal de Certificação de Boas Práticas em Neutralização de Carbono. A iniciativa é resultado de uma parceria entre a Secretaria Municipal do Clima (Seclima) e a Controladoria Geral do Município (CGM). Pode se inscrever para participar do Programa toda entidade com sede em Niterói formalmente inscrita no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ).

O objetivo do Programa é fazer com que as entidades adotem práticas sustentáveis que resultem na redução da emissão de gases de efeito estufa. Envolver a sociedade civil nas políticas públicas de sustentabilidade é uma estratégia da Prefeitura de Niterói para avançar no projeto de neutralização de carbono. As inscrições podem ser feitas no endereço eletrônico www.niteroi.rj.gov.br/2023/04/05/cp-seclima-01-2023.

O secretário municipal do Clima, Luciano Paez, destacou que participar do Programa de Certificação de Boas Práticas em Neutralização de Carbono vai muito além de receber um documento.

“As instituições participantes, por serem sensíveis às questões climáticas locais e mundiais, nos ajudarão a realizar uma mudança de hábitos sociais e empresariais, que precisam ser difundidos, para que juntos possamos nos adaptar a uma nova realidade. O objetivo inicial é uma sensibilização de diversos atores, a sociedade organizada e os setores produtivos de Niterói. Depois, a ideia é um trabalho onde a economia verde e a economia de baixo carbono sejam o foco destas instituições. A sociedade já cobra isso das empresas”, explicou Luciano Paez.

Para obter resultados efetivos, a Seclima firmou cooperação com a Controladoria Geral do Município (CGM) para a implementação do Programa com foco no setor empresarial.

A controladora geral de Niterói, Cristiane Mara Rodrigues Marcelino, ressaltou que neutralizar carbono é uma demanda importante para minimizar os efeitos climáticos nos últimos anos.

“É importante que todos se conscientizem e adotem medidas neste sentido. Esse é o principal objetivo da Prefeitura ao certificar empresas que busquem essa neutralização. A Controladoria Geral tem o papel de fomentar a responsabilidade ambiental, em conjunto com a boa governança desse e de outros projetos. Além da certificação, queremos garantir que a instituição que aderir ao Programa alcance outros objetivos como captar novos clientes e se manter competitiva no mercado”, afirmou Cristiane Marcelino.

O Programa de Certificação de Boas Práticas em Neutralização de Carbono faz parte do Programa de Integridade – Previne Niterói. O decreto municipal número 14.235/2021 estende a implementação do programa a Organizações Sociais (OSCs) e pessoas jurídicas de direito privado estabelecidas em Niterói.

O Programa de Neutralização de Carbono também integra o Programa Municipal de Educação Climática com ações em setores como comércio, serviço, indústria, clubes e organizações da sociedade civil. Para sensibilizar o maior número de pessoas em busca de uma cidade mais sustentável, o município reuniu vários parceiros: Ordem dos Advogados do Brasil (OAB); Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan); Conselho Municipal de Meio Ambiente; Conselho Regional de Contabilidade (CRC/RJ); Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL); Associação Comercial e Industrial do Estado do Rio de Janeiro (Acierj); Associação Conselho Empresarial e Cidadania (ACEC) e Sebrae.

Matérias Relacionadas

plugins premium WordPress