19.8 C
São Gonçalo
domingo, maio 26, 2024

Silvio Santos abre o baú e SBT vai transmitir a Libertadores

Durante a semana, o vice-presidente da emissora de Silvio Santos, José Roberto Maciel, e representantes da Conmebol, a entidade máxima do futebol sul-americano, assinaram um acordo pela transmissão dos jogos da Copa Libertadores da América.

O SBT já começou o planejamento para a escolha da equipe que trabalhará nos jogos e como a Conmebol se responsabiliza pelo aspecto técnico das transmissões (equipamentos, especialistas, etc), o canal pode investir em nomes de peso à frente das câmeras.

Alguns nomes estão sendo estudados, como Téo José, da Disney, e que narrou o Fla-Flu que decidiu o Carioca deste ano, em julho, e André Henning, titular da Turner em transmissões do Brasileirão e da Champions.

Para a reportagem, Mauro Naves é o preferido, pela vasta experiência no Grupo Globo.

Ao todo, o dono do baú pensa em contratar pelo menos 30 profissionais para este núcleo esportivo.

A primeira transmissão será entre Bolívar e Palmeiras, valida pela terceira rodada da fase de grupos, na próxima quarta-feira (16/09), às 21h30, no estádio Hernando Siles, em La Paz, Bolívia.

Vale ressaltar que o acordo entre Conmebol e SBT só foi possível depois de a Globo decidir rescindir seu contrato com a competição já iniciada, mas interrompida devido à pandemia do novo coronavírus.

A emissora carioca manteve negociações com a confederação sul-americana e ainda tentou uma última cartada nesta semana para manter a Libertadores em seu menu.

Mas esta aproximação foi rejeitada: a entidade já estava com condições e valores acertados com o SBT.

A Globo tinha um contrato até 2022 por US$ 60 milhões por ano pelos direitos tanto de TV aberta e jogos da TV fechada.

Mas pediu a rescisão do acordo à Conmebol por considerar o valor alto.

A Libertadores é restrita ao SBT em TV aberta, mas também conta com outros veículos no ramo por assinatura, pelo Fox Sports, e em streaming redes sociais, pelo Facebook.

“É muito bom poder anunciar esta parceria. Sabemos que o futebol é o esporte mais popular no Brasil e, como somos também uma emissora popular, nada melhor do que podermos voltar às transmissões nacionais com um torneio como a Libertadores. Esperamos corresponder às expectativas dos fãs do futebol e do mercado publicitário”, disse José Roberto dos Santos Maciel, CEO do SBT.

Matérias Relacionadas

plugins premium WordPress