19.9 C
São Gonçalo
terça-feira, julho 23, 2024

Seu Alcir: gonçalense e pai de dois talentos da arte nacional

Qual será a sensação de um pai que criou dois filhos no interior de um dos maiores bairros do mundo e viu eles conquistarem o público em suas apresentações em novelas e peças teatrais?! Esse feito é de Alcir Campos, pai dos atores Cadu Paschoal e Cauê Campos, de 22 e 19 anos, respectivamente, que ganharam visibilidade nacional com suas apresentações espetaculares nas telinhas nos últimos anos.

 

”É muito gratificante poder vivenciar esse sonho que é ver meus filhos trilhando o caminho da felicidade e fazendo o que mais gostam. Sou um pai muito orgulhoso dos meus filhos. Criados em um ambiente humilde no Jardim Catarina e que sonharam e estão conquistando os seus objetivos aos poucos. É normal sairmos juntos e encontrar as pessoas pedindo fotos e autógrafos. Isso mostra que o trabalho tá sendo bem feito. Alegria indescritível”, disse o pai dos atores.

 

Quem começou na carreira artística foi o irmão mais velho Cadu Paschoal, que além de ator, também é dublador de talento reconhecido por grandes nomes da arte. Cadu ficou conhecido pelo seu papel em Caminho das Índias como Hari, em 2009, onde conquistou o prêmio de melhor ator infantil pela revista Contigo.

 

Já Cauê seguiu os passos do irmão indo aos ensaios de Cadu e ganhando grande visibilidade nacional na novela “O Sétimo Guardião”, de Aguinaldo Silva, no horário nobre da Rede Globo. Antes disso, já havia participado de tramas como a série Detetives do Prédio Azul, onde interpretou o personagem “Capim”.

 

“Os dois são meninos espetaculares, carinhosos e batalhadores. Foi o Cadu quem iniciou a carreira artística da nossa família e fez o irmão também ingressar nessa área. Não tenho preferências, os dois são muito talentosos e amam o que fazem. Quando vejo eles em cena, fico até emocionado, é uma alegria incrível”, afirmou.

 

O pupilo Cauê Campos falou sobre a importância do seu Alcir na sua vida e do seu irmão.

 

“Ele é meu pai, me ensinou as coisas da vida, me mostrou como ser um pai no futuro. Sempre brincando e zoando comigo e com meu irmão. Não tenho um “aí” pra reclamar, sou grato por ter sido escolhido para ser integrante de uma família maravilhosa dessa”, disse Cauê.

 

 

Matérias Relacionadas

No Content Available
plugins premium WordPress