21.9 C
São Gonçalo
terça-feira, maio 28, 2024

São Gonçalo cadastra estabelecimentos comerciais para receber moeda social

Foto: Divulgação

Comerciantes do Barro Vermelho começaram a ser cadastrados para receber a moeda social do Ecoponto Barro Vermelho, uma iniciativa da campanha “Limpa São Gonçalo”, desenvolvida pela Secretaria de Conservação da Prefeitura de São Gonçalo.

Na unidade, que será inaugurada na próxima terça-feira (20), agentes ambientais, popularmente chamados de catadores, vão realizar o descarte correto de materiais recicláveis, podendo receber um crédito, através de uma conta virtual, que será usado em estabelecimentos comerciais parceiros. Esse é o primeiro passo que o município dá para a coleta seletiva de resíduos com a colaboração da população gonçalense.

O equipamento terá capacidade para receber até 20 toneladas de resíduos por mês.

“Nossa ideia é fazer com que a população gonçalense tenha a conscientização sobre a importância de fazer o descarte correto de itens recicláveis. Além disso, com a troca do material reciclável por dinheiro, vamos incentivar ainda a economia, fazendo o dinheiro virtual circular na cidade”, disse o secretário de Conservação, Edson Leal.

No Ecoponto serão aceitos materiais recicláveis de plásticos (garrafas PET, potes, embalagens de plástico em geral), papéis (jornais, revistas, folhetos, caixas de papelão, embalagens de papel), vidros (potes de alimentos, garrafas, copos, cacos de vidro), metais (latas de alumínio, latas de aço, pregos, tampas, panelas de alumínio, cobre, ferro), eletros (tv, computadores, celulares, eletrodomésticos, rádios, geladeira, microondas), e óleo de cozinha vegetal usado.

Além de receber os materiais recicláveis dos agentes ambientais, o Ecoponto também vai aceitar a entrega voluntária dos itens. Com a ideia de incentivar a educação ambiental, o Ecoponto Barro Vermelho também vai promover ações didáticas sobre reciclagem e meio ambiente.

Inicialmente, serão cinco ecopontos espalhados por toda a cidade. As novas unidades serão divulgadas em breve pela Prefeitura de São Gonçalo.

A criação do Ecoponto faz parte do eixo “Cidade Bem Cuidada e Organizada”, meta 18, do Plano Estratégico Novos Rumos – desenvolvido pela Secretaria de Gestão Integrada e Projetos Especiais -, que prevê a implementação da coleta seletiva na cidade.

Jorge Amado, proprietário de uma casa de construção, foi o primeiro comerciante a aceitar participar do projeto e destacou a importância da iniciativa.

“Tenho certeza que será um belo trabalho desenvolvido pela Prefeitura, porque acredito que, além da questão ambiental e social, esse serviço vai dar dignidade para aqueles que já trabalham com o recolhimento de materiais recicláveis, eles estão saindo da informalidade. Estou orgulhoso do meu negócio poder participar desse projeto”, declarou Jorge.

Matérias Relacionadas

plugins premium WordPress