28.6 C
São Gonçalo
segunda-feira, abril 15, 2024

Rio: Corpo de Diego Braga é encontrado em comunidade do RJ e revolta amigos: ‘Crueldade’. Saiba quem foi o atleta de MMA

Leia Mais

O corpo do lutador de MMA Diego Braga Nunes foi encontrado na noite desta segunda-feira (15) no Morro do Banco, no Itanhangá, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. A partir de agora, a Delegacia de Homicídios passa a cuidar da investigação. Na semana passada, o corpo do cantor sertanejo Ton Ferreira havia sido achado após uma semana de buscas.

Diego, de 44 anos, teria subido a comunidade para tentar recuperar a sua moto que havia sido roubada na Muzema, também comunidade da Zona Oeste carioca. As buscas pelo atleta envolveram tanto o Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais) como o 31º Batalhão de Polícia Militar e nesta manhã duas pessoa foram presas e uma já confessou participação no crime. O corpo de Diego segue no IML.

morte de Diego é mais uma que atinge o mundo esportivo nos primeiros 15 dias de 2024. Logo na primeira semana do ano, Zagallo morreu aos 92 anos. Dois dias depois, o futebol deu adeus a outro ícone: Franz Beckenbauer.

Filho de Diego Braga Nunes se pronunciou após morte do pai

De acordo com o g1, o filho de Diego, Gabriel Braga, relatou que a moto havia sido roubada de dentro do condomínio onde o pai morava e a partir daí ele passou a buscar o veículo, subindo inclusive comunidades, como a Tijuquinha.

“Como estava demorando, os amigos tentaram subir, mas mandaram todos descerem. Agora há pouco, um amigo ligou para tentar liberar o corpo e eles falaram que colocaram o corpo em uma praça. Mas quando chegamos lá, a polícia já estava e não deixaram ninguém subir”, disse Gabriel, que também é lutador.

Foto: Reprodução/Instagram
Morte de Diego Braga Nunes revolta web: ‘Covardia’

Dono da academia de lutas “Tropha Thai”, Diego ingressou no MMA em 2003. O atleta também praticou muay thai, disputou o UFC, e chegou a enfrentar nomes como Charles do Bronx e Adriano Martins, além de ter sido colega de treinos dos irmãos Minotauro, Rodrigo e Rogério. Em 2019, Diego se aposentou após 32 lutas, com 23 vitórias.

No Instagram, Rodrigo lamentou a morte violenta de Diego e cobrou uma resposta: “A pergunta que fica aonde essa violência vai parar meus amigos Que covardia terrível, que coisa sinistra que não tem explicação alguma”. Kyra Gracie usou emoticons de choro para dar adeus ao atleta.

“Descanse em paz, meu irmão! Você não merecia tamanha covardia, Diego!”, disse um fã. “Meu Deus. Sentimentos à família”, completou Andrea Sorvetão. “Triste demais, indignada com tudo, descanse em paz querido!”, acrescentou Aline Zermiani.

Por Guilherme Guidorizzi

 | Redator – Purepeople

Notícias Relacionadas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas Notícias

plugins premium WordPress