23.2 C
São Gonçalo
sexta-feira, junho 14, 2024

Na última quarta-feira (12), enquanto os jogadores do Flamengo saíam do estádio Olímpico, em Goiânia, com a vergonhosa derrota para o Atlético/GO por 3 a 0, o lateral Rafinha já tinha na mente o ‘SIM’ engatilhado para dar ao Olympiakos, da Grécia.

A proposta chegou por meio de Ricardo Scheidt, empresário e sócio de Rafinha na empresa R13 Fussball, e o mesmo garantiu ser irrecusável.

De acordo com seu empresário, além de luvas, o camisa 13 do Flamengo receberá quase o triplo do salário atual.

O Flamengo decidiu contra-atacar e propôs um aumento salarial para o lateral, mas não obteve êxito.

Rafinha manifestou para a cúpula rubro-negra que está convicto que seu ciclo no clube chegou ao fim e deve assinar por dois anos com o clube grego.

Durante as reuniões, Marcos Braz e Bruno Spindel, deixaram claro o descontentamento com a forma como as coisas foram conduzidas, mas respeitou a decisão do atleta.

Contratado há pouco mais de um ano, o lateral exigiu uma cláusula de liberação gratuita para que acertasse com o Rubro-Negro sem custos.

Com a saída iminente de Rafinha, o Flamengo conta com apenas um lateral-direito no elenco: João Lucas.

O mesmo João Lucas, que foi barrado por Dome, diante do Atlético-GO, e improvisou Rodrigo Caio, na posição.

Marcos Braz concederá entrevista coletiva nesta sexta-feira. A possível saída do lateral-direito é um dos temas.

Números

Rafinha deixa o Flamengo após pouco mais de um ano.

Ao todo, foram 46 partidas pelo clube e cinco títulos conquistados: Libertadores de 2019, Brasileiro de 2019, Carioca de 2020, Recopa Sul-Americana de 2020 e Supercopa do Brasil de 2020.

Matérias Relacionadas

No Content Available
plugins premium WordPress