28.6 C
São Gonçalo
terça-feira, junho 18, 2024

Pronto Socorro Central é finalista em prêmio nacional ‘Referências da Saúde 2020’

No mês de aniversário de São Gonçalo, a cidade recebe mais uma boa notícia: o Pronto Socorro Central (PSC), no bairro Zé Garoto, está entre as unidades finalistas do prêmio ‘Referências da Saúde 2020’, que acontece nesta semana no Healthcare Innovation Show, em São Paulo. O PSC foi destaque no prêmio nacional pelo projeto de modernização do setor de imagens.

Após o início da gestão do Instituto Nacional de Pesquisa e Gestão em Saúde (InSaúde) e diagnóstico inicial, o PSC passou por um grande processo de modernização do seu Serviço de Apoio ao Diagnóstico e Terapia, substituindo todo o parque tecnológico dos equipamentos de radiologia, bem como do sistema de revelação das imagens e disponibilização destas para os médicos, acelerando o processo e diminuindo grandemente as filas para realização dos exames de raio-x e gerando uma economia mensal em aproximadamente R$ 20 mil reais apenas em materiais como filmes e químicos para revelação das imagens.

“É uma satisfação muito grande ser finalista deste prêmio ao lado das maiores empresas de saúde do Brasil. Isto mostra o quão sério e profissional é nosso trabalho, o que reflete na melhoria gradual da qualidade do atendimento para nossa população”, afirma o diretor geral do Pronto Socorro Central, Diego Pereira.

Além do grande impacto financeiro, destaca-se a qualidade das imagens que agora podem ser visualizadas diretamente nos computadores dos médicos, proporcionando maior assertividade nos diagnósticos e na conduta clínica a ser adotada.

Tomógrafo – O Pronto Socorro Central ganhou também um novo aparelho de tomografia computadorizada, que atende principalmente os pacientes que procuram a unidade vítimas de trauma ou acidentes, e os encaminhados pela Central de Regulação no município.

O tomógrafo está fixado no segundo andar do hospital, ao lado do CTI, centro cirúrgico e da enfermaria coronariana. De acordo com o Instituto InSaúde, que administra o pronto socorro, única unidade de urgência e emergência da cidade que funciona no regime ‘porta aberta’, o equipamento tem a capacidade de atender cerca de 500 pacientes mensalmente.

Os médicos dos setores de emergência e trauma garantem que o equipamento ajuda na tomada de decisões e na realização de cirurgias, enquanto os pacientes elogiaram o investimento.

Matérias Relacionadas

No Content Available
plugins premium WordPress