20.9 C
São Gonçalo
quinta-feira, maio 30, 2024

Primeira mostra do Incuba Cultura em Itaipuaçu promove cultura e criatividade local

Evento realizado na Praça da 70 tem o propósito de fomentar produção cultural nas diferentes regiões da cidade. Outras quatro edições estão programadas

ICTIM promove em Itaipuaçu primeira mostra do Incuba Cultura
ICTIM promove em Itaipuaçu primeira mostra do Incuba Cultura
A coordenação do Incuba Cultura informou que o projeto seguirá para outros bairros de Maricá, com próximas edições programadas para Inoã (26 de maio), São José do Imbassaí (30 de junho), Parque Nanci (4 de agosto), e Ponta Negra (data a ser confirmada) (Foto: Anselmo Mourão)

A Prefeitura de Maricá, por meio do Instituto de Ciência, Tecnologia e Inovação de Maricá (ICTIM), lançou o projeto Incuba Cultura na Praça neste domingo, 21 de abril, em Itaipuaçu. O evento inaugural, que aconteceu na Praça da 70, reuniu uma variedade de expressões artísticas, incluindo música, dança, teatro, performance, artesanato, e artes plásticas. Esta iniciativa tem como objetivo fomentar a produção cultural nas diferentes regiões da cidade, com outras quatro edições planejadas até setembro.

O projeto é resultado de uma colaboração entre a Secretaria de Cultura de Maricá e o Instituto Brasil Social (IBS), trazendo uma oportunidade para artistas locais se apresentarem e ganharem visibilidade. A coordenadora do projeto, Paula Salles, destacou que o evento é uma plataforma para artistas do bairro mostrarem seu talento e se prepararem para oportunidades maiores, além de promover a profissionalização por meio do registro como microempreendedor individual (MEI).

Maricá: Feira de Agricultura Familiar em Itaipuaçu será quinzenal

Na mostra de abertura, várias barracas apresentaram artesanato e quadros de artistas locais, e performances de dança e teatro. A drag queen Evely Mury, que também foi mestre de cerimônias, e a artista Mônica Aduni, conhecida por seu trabalho envolvendo ancestralidade de matriz africana, foram alguns dos destaques. Mônica destacou a importância do evento para artistas independentes locais, que podem mostrar trabalhos mais complexos e conectar-se com outros criativos da região.



continua depois da publicidade



A mostra também ofereceu espaço para artesãos exibirem seus produtos, como Maísa Betiol, que trabalhava em um quadro retratando a praia de Itaipuaçu com a Pedra do Elefante ao fundo. A artista comentou sobre a necessidade de um espaço como esse e sua esperança de que o projeto continue a crescer.

Niterói: Jovem moradora do Caramujo conhece a Ilha da Boa Viagem através do Programa Ecotur Sem Barreiras

A coordenação do Incuba Cultura informou que o projeto seguirá para outros bairros de Maricá, com próximas edições programadas para Inoã (26 de maio), São José do Imbassaí (30 de junho), Parque Nanci (4 de agosto), e Ponta Negra (data a ser confirmada). Cada evento terá quatro horas de duração, das 10h às 14h, e contará com palco, infraestrutura de som, e pequenas exposições, buscando reunir artistas dos mais diversos segmentos, como música, teatro, dança, artes plásticas, carnaval, DJs, drag queens, e outros.

O projeto também inclui uma feira de artesãos, dando destaque aos produtos locais. No total, a iniciativa pretende impactar cerca de 70 agentes culturais e artesãos, alcançando um público de cerca de 1 mil pessoas durante sua execução. Este esforço conjunto entre a Prefeitura de Maricá, ICTIM, e o Instituto Brasil Social busca reforçar a cena cultural local, promovendo a interação entre artistas e o público e contribuindo para um mapeamento atualizado dos agentes culturais da região.

Matérias Relacionadas

plugins premium WordPress