21.9 C
São Gonçalo
terça-feira, maio 28, 2024

O ex-atacante do Corinthians e Seleção Brasileira e atual comentarista da Rede Globo Casagrande, repudiou os casos de racismo que têm ocorrido no futebol brasileiro.

Em suas redes sociais, ele se solidarizou a Gerson, camisa 8 do Flamengo, que disse ter ouvido de Juan Pablo Ramírez, do Bahia, “cala a boca, negro”, no jogo do Campeonato Brasileiro, no Maracanã.

Com opiniões fortes, Casão citou o caso do menino Luiz Eduardo, de 11 anos, durante um jogo de futebol em Caldas Novas, no sul de Goiás.

“Há duas semanas, o garoto Luiz disse que o técnico adversário mandou marcar ‘aquele preto’. Mas ele não é preto? Mas chama Luiz e ninguém manda marcar o branco”, completou.

Matérias Relacionadas

plugins premium WordPress