21.9 C
São Gonçalo
terça-feira, maio 28, 2024

MPRJ denuncia cinco policiais militares por estupro e tortura de jovem em Saquarema

Foto: Divulgação

Cinco policiais militares foram denunciados pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) por envolvimento no estupro de uma jovem em Saquarema, na Região dos Lagos. O PM Gerson Jocá Quirino Rolim de Paula é acusado de estupro e tortura, enquanto Thiago Fernandes dos Anjos, Diogo Viana Lourenço, Alexsander Moreira de Simas e Sanclair Marinho Antunes Corecha foram denunciados como cúmplices.

De acordo com a denúncia, a vítima e outra mulher estavam em um bar quando os policiais Gerson de Paula e Alexsander Simas chegaram ao local. Três homens fugiram, deixando para trás 13 cápsulas de cocaína. Os policiais começaram a acusar a vítima de ser traficante de drogas, algemaram-na e a colocaram dentro da viatura policial. Ela foi levada ao DPO de Saquarema, onde se juntaram os policiais Lourenço e Corecha, e depois foi levada a um local isolado.

Gerson de Paula, Lourenço, Simas e Corecha ameaçaram e agrediram a jovem para que ela informasse a identidade dos três homens que fugiram do bar. Gerson de Paula, então, dominou a vítima, ainda algemada, apontou um canivete para o seu peito e a violentou sexualmente. O laudo do exame de corpo de delito de conjunção carnal confirmou o depoimento da vítima.

O MPRJ destaca que os outros policiais militares, que poderiam ter evitado o crime, se omitiram diante da conduta de Gerson de Paula. Thiago dos Anjos, que comandava a guarnição, também foi denunciado por abandono de posto, pois não cumpriu seu dever de vigilância corretiva de seus subordinados e permaneceu em local incerto durante todo o abuso.

O MPRJ solicitou a prisão preventiva de De Paula, Lourenço, Simas e Corecha. A denúncia enfatiza que os acusados descumpriram seu dever legal de cuidado e proteção para com a vítima.

Matérias Relacionadas

plugins premium WordPress