20.9 C
São Gonçalo
quinta-feira, abril 18, 2024

Moradores de Maricá têm até esta sexta (24-06) para tomar a vacina contra a gripe

Leia Mais

Moradores de Maricá que fazem parte dos grupos prioritários e ainda não receberam a dose contra a Influenza (gripe) e o sarampo têm até esta sexta-feira (24-06) para se imunizar em das Unidades de Saúde da Família (USF), das 8h às 17h.

A vacinação contra a gripe é fundamental para evitar o desenvolvimento de quadros graves de síndrome gripal, em um período de aumento nos casos da doença, que tradicionalmente se intensifica nas estações mais frias, como o inverno.

Segundo a Prefeitura de Maricá, até o momento, mais de 34 mil moradores da cidade receberam a vacina contra a gripe e 5 mil pessoas se imunizaram contra o sarampo.

Os grupos prioritários que integram a campanha de combate à gripe são os seguintes: idosos, trabalhadores de saúde, povos indígenas, professores, pessoas com comorbidades ou deficiência permanente, crianças de 6 meses a menores de 5 anos (4 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes e puérperas (mães que tiveram filhos nos últimos 45 dias), caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário urbano e de longo curso, trabalhadores portuários, Forças de Segurança e Salvamento, Forças Armadas, além de funcionários do sistema de privação de liberdade.

Em relação ao sarampo, podem ser vacinadas crianças de 6 meses a menores de 5 anos e trabalhadores de saúde das redes pública e privada.

Documentos – Para receber a dose anual contra a gripe, é necessário apresentar documento de identidade com foto e os seguintes comprovantes, de acordo com os grupos especificados abaixo:

– Crianças: devem levar a caderneta de vacinação;

– Trabalhadores do transporte rodoviário, das Forças de Segurança e Salvamento, ou portuários: devem apresentar identidade profissional ou crachá;

– Pessoas com doenças crônicas ou deficiência permanente (a partir de 5 anos de idade): apresentar a solicitação médica, com indicação da doença ou deficiência;

– Puérperas: certidão de nascimento do bebê ou cartão do pré-natal ou cartão de vacinação do recém-nascido.

Em relação à imunização contra o sarampo, o responsável legal deverá comparecer a uma das salas de vacina com um documento de identificação e a caderneta de vacinação da criança. As crianças ou trabalhadores da saúde que já receberam uma dose da tríplice viral também poderão ser vacinados.

 

 

 

Notícias Relacionadas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas Notícias

plugins premium WordPress