25.1 C
São Gonçalo
terça-feira, setembro 28, 2021

Michel Lopes: uma história de luta que se confunde com a própria vida

Leia Mais

Aposentado trabalha há 5 anos como gari recolhendo lixo jogado por motoristas na BR-101, em SG

Morador da Favela do Pica-Pau, no Porto Velho, em São Gonçalo, o aposentado Messias Ramos de Marins, de 53 anos, passa suas manhãs realizando...

Governador Cláudio Castro recebe segunda dose da vacina contra a Covid-19

O governador Cláudio Castro recebeu a segunda dose da vacina contra a Covid-19, na manhã desta terça-feira (28), no quartel do 17º Grupamento de...

Dupla é presa após roubar cavalos na BR-101

Dois homens foram presos, nesta terça-feira (28), após roubarem dois cavalos de um curral às margens da BR-101, no bairro Pinhão, em Tanguá. Segundo a...

Buraco causa transtorno em Santa Catarina, São Gonçalo

Após receber reclamações de moradores, uma equipe de reportagem do LADO DE CÁ esteve na manhã desta terça-feira (28) na Rua Doutor Jurumenha, em...

Michel Lopes é um lutador nato! Sua história nas artes marciais começou há muito tempo quando, aos 4 anos de idade, viu uma roda de capoeira em uma praça. Naquele momento, nasceu seu interesse pela luta e foi onde decidiu todo o seu futuro, se tornando um grande campeão, professor e treinador de lutadores de artes marciais.

O professor, que já teve vários apelidos em cada etapa de sua trajetória – tais como Perna Longa, Fortaleza, Psicopata, Samurai e Pulmão de Criança – prefere ser chamado pelo nome, Michel Lopes.
Faixa preta de Karatê, faixa preta de Kickboxing, faixa preta de Jiu-Jitsu, prajied preto e branco pela ABAM, Prajied vermelho pela CBMTT e técnico de Beach Boxing, se tornou um colecionador de títulos importantes, conquistando diversas medalhas e cinturões. Sendo vice-campeão mundial de Jiu-Jitsu e possuindo 43 campeonatos no Muay Thai, conseguiu a vitória em todos eles.

Para narrar uma de suas lutas mais marcantes, em 2017, seu vasto conhecimento em diversos estilos lhe rendeu a vitória no “Open” no “Campeonato Sulamericano Aberto de Artes Marciais”. Michel lutou a final contra um atleta de Kung Fu, levando-o à nocaute em apenas 1 minuto e 45 segundos, se classificando assim para o Mundial na Argentina. Foi um momento muito importante para o professor que sempre teve o sonho de ser exemplo para jovens que tem poucas oportunidades, para fazê-los enxergar que podem fazer o que quiserem se tiverem força e dedicação.

O próprio Michel encontrou nas lutas um meio de sobreviver à marginalidade e a violência que assolam a rotina no Rio de Janeiro. Para pessoas que vivem em áreas de risco, como o local onde cresceu, essa realidade consegue ser ainda mais cruel. E o professor afirma que se não fosse toda a disciplina aprendida nos tatames, talvez nem estivesse mais aqui.
Membro da Equipe Templários, sempre que possível, ainda treina com seus mestres Ricardo Rodrigues, professor de Kickboxing e Muaythai, Mestre Claudio Machado, de Karatê, e Mestre Ricardo Barta, de Jiu-Jitsu.

Atualmente, o professor Michel é o responsável pelos atletas profissionais de MMA da Equipe Templários, sendo treinador e agenciador, casando lutas em eventos dentro e fora do Brasil. E a agenda está cheia até o final do ano com eventos nacionais, como Shooto e Arena Global, e internacional, como o Aruba Fight.

“Ano passado, eu era o responsável pelo Kickboxing da Equipe Templários e, graças a Deus, obtivemos ótimos resultados com dois atletas conseguindo o segundo lugar no ranking dos melhores do ano da FKBERJ (Federação de Kickboxing do Estado do Rio de Janeiro) em suas modalidades, que é o K1 Rules, luta de ringue. A Jane Ramos e o João Pedro Garcia perderam somente para os companheiros da mesma associação, APKB (Associação Pioneira de Kickboxing) do mestre e amigo Daniel Mattos. No ano passado, visando o MMA, a equipe alcançou uma vitória com o atleta Lucas Tavares, Stone Face, e um aprendizado com o Ivan, Manguinha, no Junglle Fight.”, conta o professor.

Ainda em campeonatos pela FKBERJ, conquistou grandes vitórias com atletas que se tornaram renomados na federação, tais como Hiago Lins, Bruna Soares, Fabiana Almeida e Thiago Machado (falecido). Todos tendo obtido grandes vitórias através de intenso treinamento com o professor Michel Lopes.

“Os principais benefícios das aulas que ministro são: Usar a arte marcial para saúde do corpo e da mente, de treinos com exercícios tão completos de alta intensidade, que trabalham a musculatura, a resistência e o desempenho cardiorrespiratório. A consequência é um físico mais forte e o maior entendimento da percepção corporal. Sem falar que é uma forma infalível de aliviar o estresse. Ministro minhas aulas nas academias Fórmula Santa Rosa, Fórmula São Francisco e Academia Mega Sport Center, no Ingá. Já os atletas profissionais treinam no CT Black Shield, no Rio do Ouro (São Gonçalo).” Michel Lopes

Muitos atletas já obtiveram grandes conquistas após passar pelo treinamento de alta intensidade do professor Michel Lopes e muitos ainda passarão, pois as artes marciais crescem mais e mais a cada dia, contando com profissionais de excelência, como esse grande campeão e treinador de grandes campeões nos tatames, nos ringues e na vida.

Notícias Relacionadas

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas Notícias

São Gonçalo oferece aulas de taekwondo

A Secretaria de Esporte e Lazer (Semel) segue promovendo a realização de atividades esportivas em diversos bairros do município, implementando, nos primeiros seis meses,...

Um baleado e outro preso no Complexo do Salgueiro

Um homem foi baleado e outro preso em ação da Polícia Civil na Rua José Francisco Corrêa, bairro de Itaúna, Complexo do Salgueiro, em...

Praga do Rio chega ao interior: furto de cabos e equipamentos

A rotina criminosa de furtos de cabos e equipamentos que assola a capital do estado - com vários sinais de trânsito inoperantes e afetando...

Moradores jogam lixo na rua por falta de caçamba no Largo do Barradas em Niterói

Mau cheiro, baratas, moscas, ratos e uma quantidade de lixo fazem parte do cotidiano dos moradores da Rua Reverendo João Corrêa D'Avila, no Largo...

Donos de veículos com placas finais 1 e 2 têm até quinta (30) para regularização

O licenciamento anual de veículos para carros com placas finais 1 e 2 termina na próxima quinta-feira (3). Os proprietários precisam pagar a Guia...