24.6 C
São Gonçalo
sexta-feira, abril 19, 2024

Maricá: Prefeito visita fazenda orgânica da Codemar e vê oportunidades para mais desenvolvimento

Área de 200 hectares, o equivalente a 2 milhões de m2, atua na conservação da biodiversidade e abriga diversos projetos em desenvolvimento

Leia Mais

O prefeito Fabiano Horta esteve, nesta quarta-feira (20), na companhia do presidente da Companhia de Desenvolvimento de Maricá (Codemar), Hamilton Lacerda, fazendo uma visita técnica à Fazenda Nossa Senhora do Amparo, no bairro do Caju. A área de 200 hectares, o equivalente a 2 milhões de m2, atua na conservação da biodiversidade e abriga diversos projetos em desenvolvimento.

Os campos de cultivo, viveiro de mudas e estufas automatizadas, onde são produzidas as plantas medicinais do projeto Farmacopeia Mari’ká, têm a missão de promover o uso de fitoterápicos na rede SUS de Maricá e também de abrir caminho para novos negócios na cidade, como fornecedora de insumos para a indústria farmacêutica e de cosméticos.

O prefeito celebrou o desenvolvimento do projeto, que também busca alimentos mais saudáveis, sem agrotóxicos e produzidos a partir de técnicas que não agridem o meio ambiente.

“Esse projeto é um êxito do qual a cidade precisa se apossar, tendo nas plantas e fitoterápicos um lugar de prevenção e promoção da saúde”, disse o prefeito.

“Isso tem a ver com o futuro da cidade mas também fala dessa dimensão produtiva de Maricá. É preciso que a gente sensibilize os nossos pequenos agricultores, Maricá é terra fértil disso, esse saber acumulado da difusão de espécies possam ter ganho de produtividade e façam parte do nosso circuito econômico”, acrescentou.

Para produzir plantas medicinais, o cultivo precisa ser totalmente orgânico, sem uso de agrotóxicos e outras substâncias que poderiam contaminar o medicamento.

Já foram instaladas duas estufas automatizadas e dois viveiros de mudas, totalizando 860 metros quadrados para cultivo de diversas espécies adaptadas a Maricá, como feijões, cana-de-açúcar, manjericão, guaco, carqueja, cavalinha, camomila, alecrim, lavanda, erva-baleeira, pimenta rosa, pitanga, araçá e jaborandi.

A Fazenda Nossa Senhora do Amparo foi a primeira da cidade a conseguir a certificação orgânica, o que indica que os alimentos produzidos no local estão de acordo com os regulamentos da agricultura orgânica

“A Codemar, nessa parceria, está plantando uma saúde que estará acessível para toda população. Esse é um projeto de biodiversidade que vai causar um grande impacto na economia da cidade com o resgate das farmácias vivas, com que nossos antepassados curavam doenças e dores através de chás, tinturas e pomadas”, disse Hamilton Lacerda.

Parceria visa construção de um campus da UFRRJ

Na visita, o prefeito visitou o local que futuramente pode receber um campus da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ). A intenção é disponibilizar cursos técnicos e mestrados no município através de trabalho conjunto entre as duas instituições, que já colaboram com os projetos Inova Agroecologia Maricá e Farmacopeia Mari’ká.

Ciamar Tilápias

O local onde será construído o Centro de Inovação em Aquicultura de Maricá na Fazenda Nossa Senhora do Amparo também recebeu a visita das autoridades.

Serão grandes tanques de criação de tilápia, com o sistema de aquaponia, que é a produção integrada de peixes e vegetais. A água recircula e permanece limpa, com nutrientes.

Notícias Relacionadas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas Notícias

plugins premium WordPress