19.9 C
São Gonçalo
terça-feira, julho 23, 2024
Foto: Clarildo Menezes

Pela primeira vez, o time do Maricá FC vai disputar a segunda divisão do Campeonato Carioca. O acesso foi conquistado no domingo (22/09) com uma vitória por 2 a 0 (gols de Jonathan e Thiago “Aperibé”, aos 14 e 41 minutos do segundo tempo) contra o Pérolas Negras, de Paty do Alferes. A partida, válida pela semifinal da Série B2 (terceira divisão), foi realizada em Resende, no Estádio do Trabalhador. O feito inédito coloca a cidade de Maricá de vez no mapa do futebol carioca.

O prefeito Fabiano Horta recebeu, nesta segunda-feira (23/09), em seu gabinete parte da comissão técnica e do elenco do Maricá Futebol Clube.

“A cidade está feliz, pois tem uma cultura esportiva muito vinculada com o futebol com bastante campo de várzea. Era um sonho do município em ter um clube sendo projetado para fora de Maricá. O Maricá Futebol Clube é um clube em que o trabalho está se consolidando e a cidade está se encorpando entorno dele”, destacou o prefeito. O time conta com o apoio da Prefeitura, através da Secretaria de Esporte e Lazer, no principal e nas categorias de base.

Na visão do secretário de Esporte e Lazer, Filipe Bittencourt, o acesso à série B1 é um incentivo à pratica do futebol para os novos atletas, uma vez que a categoria sub-20 também está na final do Carioca da série B2. “Nossos jovens dos projetos estão supermotivados com essa vitória porque no ano que vem vão disputar a 2ª divisão. A criançada está toda feliz tendo um clube que cada vez está conquistando mais espaço no cenário estadual”, relatou.

Para o presidente do clube, Carlos Alberto Machado, essa conquista representa a credibilidade depositada em um trabalho que existe há apenas três anos.

“É importante para a cidade ter um time local para a garotada não ter que se deslocar para outros municípios com a finalidade de treinar. Aqui é muito mais perto de conciliar o treinamento com a escola, assim como no time profissional, cujos jogadores têm de trabalhar e conciliar com o treino. Foi muito bacana mesmo”, elogiou.

Criador da jogada que deu origem ao primeiro gol do time e autor do segundo, o atacante Thiago “Aperibé” externou a emoção de poder participar desse momento. “Eu só chorei duas vezes pelo futebol: uma foi na Olimpíada em que Neymar fez o gol e nessa final agora. O sentimento é enorme”, contou.

Apesar da euforia de ter conseguido um fato inédito para a cidade, o morador de Zacarias, Luiz Felipe de Azevedo Guimarães, de 26 anos, tem a certeza de que o time precisa focar para conquistar o título. “Ainda estamos na euforia do acesso. Mas daqui a pouco temos que colocar a cabeça no lugar porque temos um jogo importante para fechar com chave de ouro”, analisou o lateral-esquerdo.

O Maricá Futebol Clube volta à campo a partir das 15h do próximo domingo (29/09), no Estádio Moça Bonita, em Bangu, para enfrentar a equipe Rio São Paulo na final da Série B2 do Carioca.

Matérias Relacionadas

No Content Available
plugins premium WordPress