19.9 C
São Gonçalo
domingo, maio 26, 2024

Mais de 10% dos motoristas abordados pela Operação Lei Seca têm sinais de alcoolemia

A Operação Lei Seca voltou às ruas há 1 mês e abordou 4.416 motoristas em 165 blitzes em diferentes regiões do estado do Rio de Janeiro. Desde a retomada, 469 condutores foram flagrados com sinais de alcoolemia e ficaram impedidos de continuar dirigindo. Os casos de alcoolemia representam 10,6% dos motoristas abordados. Antes da suspensão das blitzes por conta da pandemia, a média era de 4%.

Desde o retorno, a cidade com maior índice de motoristas alcoolizados foi São Pedro da Aldeia. A blitz, que aconteceu durante o feriado de Finados, registrou 33% de motoristas com sinais de alcoolemia. Dos 36 motoristas abordados, 12 foram reprovados no bafômetro ou se recusaram a realizar o teste.

As ações de fiscalização da Lei Seca estavam suspensas desde 18 de março devido à pandemia da Covid 19. A Operação retornou em 8 de outubro adotando novos procedimentos que foram orientados pela Secretaria Estadual de Saúde para não expor a risco de contaminação os agentes e nem a população. As ações de educação também voltaram a acontecer nos bares, praças, parques para reforçar a mensagem de “nunca dirigir depois de beber!”.

Matérias Relacionadas

plugins premium WordPress