24.9 C
São Gonçalo
terça-feira, maio 28, 2024

Hospital Alberto Torres (HEAT) oferece Curso de Controle de Hemorragias a PMS, bombeiros e público em geral

O curso de capacitação Stop The Bleed, que treina profissionais de saúde e leigos a reconhecer e conter sangramentos que representem risco de vida até que as equipes de emergência cheguem ao local da ocorrência, completa dez anos nesta quinta-feira, dia 25/5. Criado pelo Departamento de Defesa Americano, o curso ultrapassou fronteiras e vem salvando vidas em todo o mundo. E desde o ano passado, médicos e enfermeiros, capacitados na área de trauma, urgência e emergência do Hospital Estadual Alberto Torres (Heat), em São Gonçalo, treina seus colaboradores, policiais militares, bombeiros, guardas municipais, diretores de escola, entre outros segmentos da sociedade.

“Estamos proporcionando conhecimento sobre os tipos de hemorragias, quadro clínico hemorrágico e suas consequências, além das principais técnicas utilizadas para o controle de sangramentos severos. Entre os alunos temos agentes da Segurança Pública, profissionais das áreas da saúde e da educação e pessoas interessadas em como aprender a prestar socorro em caso grave de emergência”, explicou o direto- geral do Hospital Estadual Alberto Torres, Raphael Riodades.

O curso no Heat é ministrado por profissionais do Centro de Trauma junto ao Núcleo de Estudos e Pesquisas (NEP) do hospital, unidade referência no atendimento a pacientes com múltiplos traumas no Estado do Rio de Janeiro. A cada turma são treinadas 30 pessoas em princípios básicos do controle de sangramentos em vítimas de trauma, otimizando as chances de sobrevivência.

Policiais militares dos Batalhões de São Gonçalo, Niterói e Itaboraí participam do curso periodicamente. Os comandantes do 7°BPM, Gilbert dos Santos; do 12°BPM, Aristheu Lopes, e do 35°BPM, Bruno Schorcht, incentivam o comparecimento dos militares ao curso de Controle de Hemorragias, sempre que as vagas são oferecidas. Todos os profissionais recebem Certificação Internacional Americana.

“O curso tem uma dimensão muito grande. O aprendizado de habilidades e ferramentas básicas para estancar um sangramento descontrolado em uma situação de emergência, nos garante salvar vidas. Muitos dos nossos policiais estão aptos a fornecer ajuda imediata em determinados casos até a chegada dos socorristas”, garantiu o comandante Aristheu Lopes.

Matérias Relacionadas

plugins premium WordPress