24.9 C
São Gonçalo
terça-feira, maio 28, 2024
Foto: Katito Carvalho / Prefeitura de Maricá

Ao som de muito forró, a banda Falamansa abriu o Arraiá de Maricá 2023 na Barra na sexta-feira (14/07) e o público aproveitou a noite com muita alegria e animação. Organizada pela Prefeitura de Maricá, por meio da Secretaria de Turismo, a festa ainda contou com show da Sinfônica Ambulante e da cantora Raquel Fonseca, além da apresentação da quadrilha Balão Dourado. Neste sábado (15/07), se apresentam Tatudoemcasa e a cantora paraibana Juliette.

Famosa em todo o Brasil desde o início dos anos 2000, não é a primeira vez que a banda Falamansa se apresenta na cidade. O grupo levou um repertório musical cheio de nostalgia, com grandes sucessos como “Xote da Alegria”, “Xote dos Milagres”, “Rindo à toa”, “Oh! Chuva” entre outros sucessos da carreira, que animou o público.

“É uma sensação muito grande de gratidão por voltar. Quando a gente retorna no lugar é porque as lembranças boas ficaram. O show é isso. É chegar ao seu público e poder sair melhor do que chegou. Estar em Maricá é sempre um grande prazer, somos muito bem recebidos por esse público fantástico”, declarou o vocalista da banda Falamansa, Tato.

O evento julino contou com decoração de bandeirinhas coloridas e até mesmo uma grande fogueira artificial. Cocada, milho verde, pastel, caldo de cana também não ficaram fora do cardápio exclusivo de festa. O local também ganhou uma área exclusiva com barraquinhas, mesas e cadeiras.

“Hoje é o primeiro dia de festa da Barra de Maricá e só está começando. Os shows aqui já são tradição e esse ano o espaço ganhou o nome de Arraiá do Manhoso, em homenagem ao cantor maricaense Edinho Manhoso, que faleceu este ano. O Arraiá já vem sendo um sucesso e aqui na Barra não será diferente e contará com diversas atrações”, disse o secretário de Turismo, Robson Dutra.

Moradores e turistas aproveitaram o Arraiá

Moradores de Mesquita, na Baixada Fluminense, o casal Sandra Mara Santos, 42 anos, e Robson Santos, 45 anos, elogiaram a festa e disseram que pretendem voltar. “Viemos passar o final de semana na casa de uns amigos e aproveitamos para conhecer um pouco mais da cidade. Estamos adorando tudo aqui, a organização, a segurança e os shows maravilhosos. Vamos voltar na semana que vem”, contou o casal.

Moradora do bairro Lagoinha, em São Gonçalo, a técnica de enfermagem Charlene Dias, 39 anos, trouxe a família para curtir o forró do Falamansa. “Todo mundo da casa é fã do Falamansa, aproveitei minha folga e trouxe meus filhos para poder aproveitar comigo. Apesar do frio, a noite está super agradável para aproveitar as comidas e os shows”, afirmou.

Morador de Cordeirinho, o técnico contábil, Sandro Rangel, 52 anos, aproveitou a noite com a esposa. “Somos só eu e ela, os filhos estão casados e agora é curtir a vida. Vimos Alceu Valença em Ponta Negra e hoje viemos ver Falamansa. Como diz a música “eu to rindo à toa”, pois é assim que devemos viver”, declarou.

Fiscalização

Fiscais da Coordenadoria Posturas do 1º e 2º distritos vem realizando de forma educativa e preventiva a conscientização do público contra o uso de garrafas de vidro, que podem ocasionar riscos para os frequentadores dos shows. A ação conta com fiscais e mais de 83 funcionários de apoio distribuídos pelos locais de festa.

Estrutura

O local do show conta com uma vasta praça de alimentação com gastronomia e muitas variedades de alimentos e bebidas, além de postos médicos com ambulâncias localizadas em pontos estratégicos do evento para atendimento do público presente. Além disso, o evento dispõe de área destinada para Pessoas com Deficiência (PCD) e mais de 200 banheiros químicos.

Equipes da Secretaria de Assistência Social e Conselho Tutelar atuaram na identificação de crianças, com a utilização de pulseiras, contendo nome e telefone do responsável. Além de telões para proporcionar melhor visão do palco para todo o público.

Segurança

Uma base móvel, equipada com quatro câmeras de monitoramento, está instalada no local para garantir a segurança do evento, que conta com agentes da Guarda Municipal, Secretaria de Ordem Pública e Gestão de Gabinete Integrado e policiais militares que fazem parte do Programa Estadual de Integração na Segurança (Proeis). O trabalho das equipes conta com o auxílio de com o auxílio de 39 viaturas, sendo 29 carros e 14 motocicletas.

Matérias Relacionadas

plugins premium WordPress