23.5 C
São Gonçalo
terça-feira, junho 25, 2024

Espetáculo circense “Ciência ou Mágica” lota o Teatro Municipal de São Gonçalo

Projeto contemplado pela Lei Paulo Gustavo alia ciência e mágica

Espetáculo Circense "Ciência ou Mágica" Enche o Teatro Municipal de São Gonçalo
Espetáculo Circense "Ciência ou Mágica" Enche o Teatro Municipal de São Gonçalo
O espetáculo é repleto de interatividade entre os artistas e as crianças, que participaram ativamente das “mágicas” propostas (Foto: Fabio Guimarães)

O Teatro Municipal de São Gonçalo recebeu uma grande quantidade de crianças das escolas municipais nesta segunda-feira para assistir ao espetáculo circense “Ciência ou Mágica”. O evento, contemplado pela Lei Paulo Gustavo do Estado do Rio de Janeiro e de São Gonçalo, foi realizado em parceria com as Secretarias de Educação e de Turismo e Cultura da cidade.

O espetáculo, protagonizado pelo Mágico Patrick, Paolla Hernandes, Thiago Campello e Ariane Campelo, combinou números de mágica com arte e educação, envolvendo as crianças de forma interativa e criativa. A apresentação buscou despertar o raciocínio e a curiosidade dos jovens espectadores, integrando conceitos de matemática, química e física em uma performance de malabarismo e ilusionismo.

O mágico Patrick, nascido e criado em São Gonçalo, expressou sua felicidade em se apresentar em sua cidade natal, especialmente para um público tão especial. “É um prazer enorme trazer o espetáculo para o Teatro Municipal da minha cidade, e ainda mais especial por ter na plateia crianças das escolas municipais. É um espetáculo muito interativo e ver as crianças participando nos enche de alegria”, afirmou.



continua depois da publicidade



A apresentação contou com a presença de alunos das escolas estaduais municipalizadas Itaitindiba e Antenor Martins, e das escolas municipais Carlos Drummond de Andrade, Professora Marlene Salgado de Oliveira, Nossa Senhora da Boa Esperança, Célia Pereira da Rosa e Governador Roberto da Silveira. Além disso, houve uma sessão especial para crianças atípicas atendidas pelo Centro de Referência Municipal do Autista (CRMA) e pelo Centro de Inclusão Municipal Helen Keller (CIM).

O evento não só proporcionou entretenimento, mas também uma experiência educativa e interativa, promovendo a inclusão e a participação ativa das crianças. A produção do espetáculo demonstrou o compromisso com a acessibilidade e a diversidade, assegurando que todas as crianças pudessem desfrutar da magia do circo.

A Lei Paulo Gustavo, que viabilizou este projeto, é uma iniciativa destinada a fomentar a cultura e as artes, proporcionando acesso a manifestações culturais para toda a população. Este espetáculo em São Gonçalo é um exemplo vivo de como a arte pode educar, entreter e incluir, deixando um impacto positivo na comunidade local.

Matérias Relacionadas

plugins premium WordPress