22.9 C
São Gonçalo
terça-feira, abril 23, 2024

“É quase impossível que meu marido estivesse me traindo”, diz Flordelis em entrevista coletiva

Leia Mais

Na tarde desta terça-feira (25), a deputada federal Flordelis (PSD-RJ), concedeu entrevista coletiva para falar da morte de seu marido, o pastor Anderson do Carmo. Na ocasião, a parlamentar afirmou não saber onde está o celular do marido e não acreditar na hipótese de que a motivação do crime teria sido traição por parte do esposo.

“É quase impossível que meu marido estivesse me traindo. Nós eramos mais que marido e mulher, éramos parceiros. A mulher desconfia quando é traída. Colocaria a mão no fogo”, afirmou.

A deputada defendeu os filhos presos suspeitos de terem cometido o crime. “Ninguém pode afirmar que foram os meus filhos. Eu quero que seja algo esclarecido o mais rápido possível”, acrescentou.

Flordelis contou ainda que se for provado o envolvimento dos filhos no crime, quer justiça. “Se for provado que foram os meus filhos, eu quero saber o motivo. Nós estávamos vivendo um momento de harmonia na nossa casa. Eu preciso da resposta. Se foi um dos meus filhos, eu quero que ele seja punido”, disse.

Ainda de acordo com ela, os celular do marido, que ainda não foi encontrado pela polícia, sumiu da casa e ela não sabe em qual momento. “Foi uma romaria dentro da minha casa. Eu não tenho como dizer quantas pessoas passaram pela minha casa. Esse celular é muito importante pra mim”, contou.

Nesta segunda-feira (24), a deputada já havia prestado depoimento na DH de Niterói em condição de testemunha do crime que ocorreu dentro da sua casa.

 

Notícias Relacionadas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas Notícias

plugins premium WordPress