19.9 C
São Gonçalo
domingo, maio 26, 2024

Despedida ao professor Helter Barcellos será nesta terça-feira (5), em Pendotiba

Foto: Divulgação

São Gonçalo amanheceu mais triste nesta segunda-feira (4) com a morte de Helter Jerônymo Luiz Barcellos, de 84 anos. Morador de São Gonçalo há 79 anos, o professor e empresário mineiro, um dos mais respeitados educadores da cidade, sofreu uma parada cardíaca no Hospital do Coração Samcordis, no Zé Garoto.

Presidente do Abrigo Cristo Redentor desde meados de 2019, Helter passou por uma videolaparoscopia (cirurgia para diagnosticar e tratar doenças na região abdominal e pélvica) em 26 de dezembro em outra unidade de saúde, no Centro, e havia recebido alta dias depois, mas retornou à mesma unidade, sendo transferido para Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Samcordis.

“Antes da virada do Ano Novo, ele se sentiu mal e não conseguiu se alimentar. Voltamos para o hospital, mas nos aconselharam a procurar uma unidade com UTI. Isso foi feito e inclusive fizemos vários testes e exames até para Covid-19 e todos deram negativo. Ele havia melhorado e já ia receber alta, mas não acordou hoje (segunda-feira)”, lamentou Ademir Nunes Corrêa, amigo do mestre há mais de 40 anos.

O corpo do educador e empresário será velado e sepultado nesta terça-feira no Cemitério Parque da Colina, em Pendotiba, Niterói.

A família não divulgou o horário e ressaltou que a cerimônia será restrita aos familiares. O professor era divorciado e deixou duas filhas.

Uma vida dedicada ao saber

Nascido em Belo Horizonte em 30 de setembro de 1936, Helter Barcellos foi um dos proprietários do histórico Colégio São Gonçalo. Também fundou o Instituto Cultural Brasil-Estados Unidos (ICBEU) de São Gonçalo, além da Faculdade de Formação de Professores (FFP) da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj), no Paraíso, da qual foi o primeiro diretor.

Outras instituições fundadas por ele: Instituto Gonçalense de Memória, Pesquisa e Promoções Culturais; Colégio Auxiliadora; Faculdade de Educação da Universidade Federal Fluminense (UFF) e Academia Gonçalense de Letras.

Helter Barcellos também foi presidente do Sindicato de Estabelecimentos de Ensino do Estado do Rio de Janeiro, organizou e foi presidente por 25 anos da Aliança Francesa de São Gonçalo, foi membro honorário do Instituto Histórico e Geográfico de São Gonçalo e membro fundador da Academia Fluminense de Educação, presidiu o Rotary Club de São Gonçalo e o Conselho Estadual de Educação durante o governo Geremias de Mattos Fontes (1967-1971). Também foi secretário de Educação de Niterói no governo Waldenir Bragança (1983-1988) e ocupou o mesmo cargo, em São Gonçalo, de 2001 a 2004, na gestão de Henry Charles.

Matérias Relacionadas

plugins premium WordPress