24.9 C
São Gonçalo
terça-feira, maio 28, 2024

Comissão de Saúde Animal promove audiência pública para discutir funcionamento de Hospital Público Veterinário

O presidente da comissão, vereador Dr. Marcos Paulo (PT), liderou o evento

Comissão de Saúde Animal promove audiência pública para debater funcionamento do Hospital Público Veterinário
Comissão de Saúde Animal promove audiência pública para debater funcionamento do Hospital Público Veterinário
Presidente da comissão de Saúde Animal, vereador Dr. Marcos Paulo (PT), cobra que unidade tenha internação e funcione 24h (Foto: Renan Olaz)

A Comissão de Saúde Animal da Câmara Municipal do Rio de Janeiro realizou, na última sexta-feira (26), uma audiência pública para debater o funcionamento do Hospital Público Veterinário de Irajá, cuja abertura foi anunciada no início de abril. O presidente da comissão, vereador Dr. Marcos Paulo (PT), liderou o evento, que contou com a presença de tutores de animais, protetoras e ONGs de proteção animal. A principal questão discutida foi se a nova unidade será um hospital veterinário completo ou apenas um centro de atendimento veterinário.

O caso de Bonequinha, uma cadelinha idosa resgatada das ruas pela protetora Denise Siqueira, foi um dos exemplos apresentados. Bonequinha precisou ser internada devido a anemia profunda e erliquiose, necessitando de exames como ultrassonografia, raio-x e hemograma. A conta da clínica veterinária em Vargem Grande foi de R$ 4.200,00, uma despesa que poderia ter sido reduzida se o Rio de Janeiro tivesse um hospital veterinário público.

Dr. Marcos Paulo destacou a urgência de um hospital veterinário público e gratuito, apontando que muitos tutores não têm condições de arcar com custos veterinários. “É imprescindível que o poder público ofereça um hospital veterinário de verdade com especialistas, cirurgias e, principalmente, internações”, afirmou.

O subsecretário executivo de Desenvolvimento Urbano e Econômico da Prefeitura do Rio, Thiago Dias, mencionou que a gestão da unidade de Irajá ainda está em análise, mas garantiu que as reivindicações da audiência seriam encaminhadas para a Casa Civil. O vereador Dr. Marcos Paulo, por sua vez, ressaltou que a cidade do Rio de Janeiro precisa de mais serviços veterinários e está atrás de outras capitais, como São Paulo. “Queremos e vamos lutar muito para que a unidade de Irajá seja um hospital”, declarou o vereador.



continua depois da publicidade



Participaram do evento os demais membros da Comissão de Saúde Animal, vereador Paulo Pinheiro e vereador Luiz Ramos Filho, além do subsecretário de Planejamento Econômico, Marcelo Salassiano, e o gerente de incorporações e produtos da Cury Construtora, Érico Franco Guimarães.

A audiência pública foi um passo importante para garantir que a unidade veterinária de Irajá atenda às necessidades dos animais e seus tutores, proporcionando serviços completos e gratuitos. A comissão continuará pressionando para que a unidade funcione 24 horas, com internação e outras especialidades necessárias para atender à crescente demanda por cuidados veterinários na cidade do Rio de Janeiro.

Matérias Relacionadas

plugins premium WordPress