23.9 C
São Gonçalo
sexta-feira, maio 24, 2024

Com Sampaoli de olho, Flamengo bate o Coritiba por 3 a 0 no Brasileirão

Foto: Marcelo Cortes / CRF

Após três derrotas consecutivas, um chute na crise. Sob os olhares do novo técnico Jorge Sampaoli, o Flamengo venceu o Coritiba por 3 a 0, na tarde deste domingo (16), diante de 42 mil torcedores no Maracanã, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro. Ayrton Lucas marcou um golaço na etapa inicial, Gabigol e Pedro ampliaram no segundo tempo.

JORGE SAMPAOLI NA ARQUIBANCADA

O novo técnico da equipe desembarcou na manhã deste domingo no Rio de Janeiro e foi ao Maracanã acompanhar a estreia da equipe no Brasileirão. Ela estará pela primeira vez na beira do gramado na próxima quarta-feira.

PRÓXIMOS COMPROMISSOS:

O Flamengo volta a entrar em campo na próxima quarta-feira (19), pela segunda rodada da fase de grupos da Libertadores. O adversário será o Ñublense, do Chile, às 21h30, no Maracanã. Após derrota na estreia, o bom resultado em casa é fundamental para não se complicar no torneio.

Foto: Gilvan de Souza / CRF / Divulgação

COMO FOI O JOGO:

O Flamengo buscou controlar as ações durante o primeiro tempo e empurrar o Coritiba para o campo de defesa. Apesar das boas oportunidades para marcar, não teve muita criatividade nas construções das jogadas e trocou muito passe na entrada da área adversária. O time visitante tentou incomodar com chutes de longe, mas Santos foi seguro nas defesas.

Como nos últimos jogos, o rubro-negro contou com o brilho de Ayrton Lucas. Em belo chute cruzado de fora da área, o lateral mandou a bola na gaveta e fez o primeiro gol da equipe no Brasileirão. Ele ainda tentou mais uma, mas o goleiro defendeu. Matheus França também finalizou de fora, mas parou na trave.

Na segunda etapa, o Flamengo manteve o mesmo ritmo inicial e buscou ampliar o placar. Aos dez minutos, Gerson foi derrubado na área e o árbitro marcou pênalti. Gabigol bateu com muita calma no ângulo esquerdo do goleiro e fez o segundo gol rubro-negro.

Aos 23’, festa muito grande na arquibancada, mas não era o terceiro gol. Após dez meses longe dos gramados, Bruno Henrique foi chamado por Mário Jorge e entrou na partida.

O jogo seguiu com o time da casa em cima tentando ampliar, mas o ritmo diminuiu nos minutos finais. Aos 40′, Pedro chegou a mandar a bola para a rede em trama de Bruno Henrique e Everton Ribeiro, mas o árbitro marcou falta na origem da jogada.

PEDRO FALA SOBRE RESERVA NA VITÓRIA DO FLAMENGO: “RESPEITO,MAS NÃO CONCORDEI!”

Pedro foi autor de um dos gols na vitória do Flamengo por 3 a 0 sobre o Coritiba, neste domingo (16), no Maracanã, pela 1ª rodada do Campeonato Brasileiro. Na zona mista, o atacante não escondeu o incômodo em começar a partida no banco de reservas, apesar de respeitar a decisão do técnico interino Mário Jorge.

Foto: Reprodução / Flamengo Twitter

“Para ser sincero, respeito sempre a decisão do treinador, mas não concordei, pelo que venho fazendo no Flamengo desde o ano passado, nesse ano também venho tendo bom desempenho. Não concordei muito, mas, como sempre, vou entrar para dar o meu melhor, mesmo se for por poucos minutos, como foi hoje. Vestir essa camisa é um sonho que eu realizo todo dia. Claro, sempre trabalhando para ser titular”, declarou o camisa 9.

Durante a entrevista coletiva, Mário Jorge explicou a opção por colocar Pedro no banco de reservas. Segundo o treinador interino, foi uma escolha tática de colocar mais um jogador no meio campo. No entanto, ele reconheceu a “fase fantástica” vivida pelo centroavante.

“A gente foi muito vulnerável contra o Maringá, especialmente por dentro. Colocamos mais um jogador no meio para dar consistência. Colocamos o Gabriel por ele ter mais mobilidade. Então, tinha um estudo do adversário que apontava a necessidade de ter um jogador entre linhas, e o Gabriel me entrega isso. O Pedro foi importante quando entrou. Ele vive uma fase fantástica, com poucos toques consegue fazer um gol”, explicou Mário Jorge.

Matérias Relacionadas

plugins premium WordPress