19.8 C
São Gonçalo
domingo, maio 26, 2024

Centro de Cidadania LGBTQIAP+ tem novo endereço no Centro de Maricá

Além de novo endereço, o centro de cidadania também ampliou os serviços prestados à comunidade LGBTQIAP+

Centro de Cidadania LGBTQIAP+ tem novo endereço no Centro
Centro de Cidadania LGBTQIAP+ tem novo endereço no Centro
Espaço que oferece assistência social, jurídica e psicológica, já está funcionando na esquina das ruas Domício da Gama e Padre Arlindo Vieira (Foto: Gabriel Ferreira)

Maricá dá mais um passo em direção à inclusão e ao respeito à diversidade com a reinauguração do Centro de Cidadania LGBTQIAP+. Anteriormente localizado dentro da Fundação Leão XIII, o espaço agora está situado na esquina das ruas Domício da Gama e Padre Arlindo Vieira, no coração do Centro da cidade. Oferecendo assistência social, jurídica e psicológica, o novo centro já está em pleno funcionamento, trazendo um conjunto de serviços essenciais para a comunidade LGBTQIAP+.

A iniciativa, fruto de uma parceria entre a Prefeitura de Maricá e o Governo do Estado, representa um avanço significativo na promoção dos direitos humanos e na luta contra a discriminação. Integrado ao programa estadual ‘Rio Sem LGBTfobia’, o Centro de Cidadania é o vigésimo equipamento desse tipo no estado e conta com o apoio de quatro secretarias municipais: Assistência Social, Cultura, Políticas Inclusivas e de Participação Popular, e Direitos Humanos.

No interior do Centro de Cidadania, destaca-se o núcleo LGBT, sob a coordenação da Secretaria de Assistência Social. Um mural dedicado a personalidades importantes para a causa LGBTQIAP+ foi erguido, enquanto os participantes deixaram suas marcas registradas em uma das paredes, simbolizando a união e a diversidade da comunidade.



continua depois da publicidade



O secretário Tiago Ribeiro enfatizou a importância desse espaço para a população LGBTQIAP+. “Ter um local de atendimento para esta população é algo que me deixa sempre muito feliz, porque é um grupo ainda muito marginalizado. Queremos que não haja mais discriminação em nossa cidade e essa é a missão deste espaço”, destacou ele.

Ernane Alexandre, superintendente de Políticas LGBT do governo do Estado, também ressaltou a relevância do Centro de Cidadania, especialmente diante dos casos de LGBTfobia registrados em Maricá nos últimos anos. “É uma população que precisa de atendimento específico não somente por agressão, mas também em casos de depressão e ansiedade”, lembrou.

A coordenadora Bárbara Piergrossi sublinhou a abrangência dos serviços oferecidos na nova sede. “Será um lugar também para acolher as famílias dos usuários, oferecendo inclusão e visibilidade para quem vier buscar nossos atendimentos”, afirmou ela, que compartilha a coordenação do espaço com Daiana Reis.

A mudança de endereço representa não apenas uma nova localização física, mas também um renovado compromisso com a igualdade, o respeito e a dignidade para todos os cidadãos de Maricá, independentemente de sua orientação sexual ou identidade de gênero.

Matérias Relacionadas

plugins premium WordPress