30.5 C
São Gonçalo
domingo, junho 16, 2024

Casa em área nobre de Niterói tinha mais de 50 animais em condições insalubres

Operação conjunta contou com diversos órgãos do Estado e da Prefeitura de Niterói

A Subsecretaria de Proteção Animal do Estado do Rio realizou, nesta sexta-feira (18), uma operação após denúncias de maus tratos cometidos por um morador de Piratininga, Niterói. No local, foram encontrados mais de 50 animais em condições insalubres. A ação teve apoio da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA), a Prefeitura de Niterói e o resgatista Randel Silva.

“O objetivo desta operação era salvar esses animais. Dar condições sanitárias para o bem estar deles e, também, contribuir com a vida do tutor, que sofre de transtornos psicológicos”, explica Karla de Lucas, Subsecretária Estadual de Proteção Animal.

“Esses animais estão sendo resgatados aos poucos porque além da questão animal, eram também a companhia desta pessoa. A expectativa é que possamos concluir os trabalhos ainda hoje. Priorizamos os que estavam em piores condições e os filhotes”, diz Karla de Lucas.

Muitos dos cães e cadelas resgatados aparentavam condições de vulnerabilidade e, por isso, esses animais passarão por acompanhamento clínico. A veterinária da SUPAN, Viviane Oliveira, ressalta a importância da assistência antes das adoções.

“Muitos aparentavam desnutrição e sinais de fraqueza. Talvez pela falta oferta de alimentação. Esses cães serão assistidos, farão exames e quando estiverem aptos serão colocados para adoção”, conta a veterinária.

Denúncias contra maus tratos podem ser feitas pelo Disque Denúncia (21) 2253-1177, pelo email ouvidoria@supan.fs.rj.gov.br e pelas redes sociais da subsecretaria em @supangovrj.

Como adotar?

A Supan disponibiliza um catálogo virtual, que pode ser acessado em bit.ly/adotepelasupan, pelo whatsapp (21) 97257-8418, pelo email adotesupan@gmail.com ou através das redes sociais @supangovrj.

Matérias Relacionadas

plugins premium WordPress