23.9 C
São Gonçalo
sábado, abril 13, 2024

Atletas gonçalenses de Taekwondo conquistam medalhas em torneio nacional em São Paulo

Leia Mais

Após conquistar quatro medalhas em sua primeira competição no início do mês, no Rio de Janeiro, o grupo de atletas gonçalenses de Taekwondo participou, neste domingo (22), do “Fight Open Taekwondo”, na cidade de Mauá, em São Paulo. Em sua segunda disputa, a equipe formada por jovens do Espaço de Reinserção Social Dandara trouxe para casa mais quatro medalhas, sendo uma de ouro, duas de prata e uma de bronze.

 

Thaylane, de 16 anos, foi a medalhista de ouro do evento, na categoria juvenil. Praticando a arte marcial de origem coreana há apenas dois meses, a jovem atleta quer manter o foco nos treinos para melhorar sua desenvoltura para as futuras competições.

 

“Sempre sonhei em praticar alguma luta e já ganhei duas medalhas através do Taekwondo. É uma sensação maravilhosa poder conquistar o primeiro lugar de uma competição do esporte que você gosta. Ver que o meu professor, minhas amigas de equipe e as pessoas do Dandara confiaram em mim, no meu potencial, me faz ter mais vontade de focar para melhorar cada vez mais”, conta a jovem atleta.

 

Os treinos das usuárias do Dandara são realizados semanalmente, de segunda a sexta-feira, no próprio espaço onde estão acolhidas. Quem conduz a atividade é o professor de educação física, Romenig Hervano, que é quem inscreve e acompanha as meninas nos campeonatos.

 

“Poder compartilhar a alegria da conquista de mais medalhas, junto às meninas, num curto espaço de tempo, é muito gratificante para mim que estou com elas praticamente todos os dias, acompanhando, orientando e ajudando cada uma. A participação delas foi bem melhor nessa competição do que na primeira e é visível o quanto que elas estão evoluindo. Nosso objetivo é manter a rotina de treinos para que a nossa equipe siga evoluindo cada vez mais”, afirma Romenig.

 

O Dandara é um espaço de ressocialização e acolhimento, vinculado à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, que assiste meninas com idade entre 12 e 18 anos. Reinaugurada em 2017, a casa que fica no bairro Jardim Catarina foi reformada, com espaços ampliados, a fim de ofertar um atendimento humanizado às adolescentes. O equipamento conta com assistentes sociais, psicólogos e educadores sociais capacitados para oferecerem acolhimento e afeto, marcando uma nova fase na vida de cada usuária.

Notícias Relacionadas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas Notícias

plugins premium WordPress