22.9 C
São Gonçalo
terça-feira, junho 18, 2024

A história do motorista de Uber de São Gonçalo que achou R$ 1.200 em seu veículo e devolveu aos donos

Conhecida por ser a cidade de notícias ruins e por ser uma das mais violentas do estado do Rio de Janeiro, São Gonçalo também é a terra de pessoas boas e com grandes gestos. Prova disso foi o que ocorreu na tarde do último dia 07 de agosto, quando o motorista de aplicativo Carlos Magno da Silva Thomaz, 37 anos, atendeu uma solicitação na Rua Cabo Frio, em Trindade.

“Peguei esse casal em sua residência e levei para Alcântara. Quando cheguei em São Miguel, próximo ao cemitério, peguei outro casal, sendo dessa vez de idosos. Eles que encontraram a carteira e me entregaram”, diz o morador do Porto Velho.

Segundo o motorista, após desembarcar o casal, parou o veículo e encontrou na carteira, além dos documentos, cartões de crédito, RioCard e R$ 1.200 em espécie. “Em nenhum momento pensei em ficar com os pertences. Pensei no nervosismo do casal e em uma crise dessa, com essa pandemia, devolver era o mínimo que eu poderia fazer”, enfatiza.

Carlos Magno atua como motorista de Uber

Confiante em ter tomado a decisão certa, Carlos Magno já se dirigia para levar a carteira na casa de seu dono, quando foi contactado pela Uber, para fazer a devolução. Ao chegar no local marcado, no Pátio Alcântara, o mesmo do início da história, o motorista confessa que ficou feliz quando viu a alegria do casal ao receber a carteira de volta.

“Minha sensação foi de alívio quando entreguei no mesmo dia, por volta das 18h, a carteira deles. Deus tirou um peso de mim e fiquei mais leve”, revela. Já o casal, diz ter ficado surpreso com a atitude. “Ficamos felizes pela atitude do motorista. Achamos muito legal isso por parte dele”, diz Pedro Luiz, de 35 anos. E a esposa France de Oliveira, 30, concorda: “Que tenhamos mais pessoas assim no mundo”, finaliza.

Matérias Relacionadas

plugins premium WordPress