18.9 C
São Gonçalo
sábado, maio 28, 2022

Primeira negra a escrever livro no Brasil é enredo do próximo Carnaval da Viradouro

Saga de Rosa Courana será contada no Carnaval de 2023

Leia Mais

A Viradouro anunciou na manhã desta sexta-feira (13) nas redes sociais, o enredo para o próximo Carnaval: a saga de Rosa Courana, considerada a primeira mulher negra a escrever um livro no Brasil.

O enredo quer contar e fazer refletir sobre importantes aspectos de uma história tão marcante ao trazer à tona temas relevantes como escravidão, prostituição, feitiçaria e a igreja católica.

Autora de Sagrada Teologia do Amor Divino das Almas Peregrinas, Rosa nasceu na Costa de Ajudá, no atual Benim, Região Ocidental da África e aos seis anos de idade, após ser capturada pelo tráfico negreiro, desembarcou no Rio de Janeiro, onde permaneceu até 1733.

Seus dons espirituais a levaram a ter devotos, inclusive no restrito clero católico, motivo que a levou aos olhos da Inquisição.

A vida dela inspirou a produção dos livros Rosa Egipcíaca: uma santa africana no Brasil, biografia de 750 páginas escrita por Luiz Mott, e Rosa Maria Egipcíaca da Vera Cruz: a incrível trajetória de uma princesa negra entre a prostituição e a santidade, romance escrito por Heloisa Maranhão.

Rosa morreu de causas naturais em 1771, ainda sob cárcere da Inquisição de Lisboa.

Notícias Relacionadas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas Notícias