28 C
São Gonçalo
sexta-feira, dezembro 4, 2020
Publicidade
Publicidade
Publicidade"
Publicidade

“Não mandei matar meu marido”

Leia Mais

Polícia Civil e MP realizam operação para desarticular quadrilha especializada em furtos de combustíveis

A Secretaria de Estado de Polícia Civil do Rio de Janeiro (Sepol), por meio da Delegacia de Defesa dos Serviços Delegados (DDSD), e o...

Estado do Rio inicia testagem para covid-19 agendada por aplicativo

O estado do Rio de Janeiro começa nesta sexta-feira (4) a testagem para covid-19 a partir de um novo procedimento: o agendamento por meio de um aplicativo...

Maricá instalará estações de bicicletas gratuitas na cidade

A partir de janeiro do próximo ano, a Prefeitura de Maricá, através da autarquia Empresa Pública de Transportes (EPT), instalará 20 estações com total...

A Fazenda 2020: Jojo chora, admite ansiedade e faz discurso de despedida

Na tarde desta quinta-feira (3/12), Jojo Todynho interrompeu o almoço dos peões de A Fazenda 2020 e fez um discurso de despedida. Em sua décima...

A deputada federal Flordelis participou, nesta sexta-feira (13), de uma audiência onde as testemunhas de acusação do caso pastor Anderson do Carmo foram ouvidas.

Flordelis é acusada de ser a mandante do assassinato do posto Anderson do Carmo, morto a tiros, em junho de 2019.

Ao entrar no tribunal, a parlamentar chorou e negou ter sido a mandante da morte do marido.

“Não mandei matar meu marido, jamais faria isso” , comentou.

Durante a sessão foram ouvidos os delegados Allan Duarte e Barbara Lomba e inspetores que participaram da investigação.

O delegado Allan Duarte, ex-titular da Delegacia de Homicídios de Niterói, afirmou que a deputada “é a mais perigosa”

Allan Duarte também afirmou que o motivo do crime teria sido financeiro. “”A motivação foi financeira. Com relação a forma como pastor geria a casa. Pela forma diferenciada que tratava os filhos (…) Ela [Flordelis] foi responsável por arquitetar o plano e convencer as pessoas pra que o crime fosse cometido”, disse o delegado.

Flordelis ainda não foi presa pois possui imunidade parlamentar. Mas há pouco de um mês ela foi intimada a usar a tornozeleira eletrônica.

Powered by Rock Convert

Notícias Relacionadas

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas Notícias

Prefeito realiza abertura de centros especializados em reabilitação e odontologia

Com capacidade para atender até 500 pacientes por mês, em cada especialidade, o prefeito de São Gonçalo, José Luiz Nanci, abriu oficialmente na manhã...

Conheça o samba-enredo oficial do Acadêmicos do Sossego para o próximo carnaval

O Acadêmicos do Sossego, optando por não realizar disputa de samba-enredo para o próximo carnaval, divulgou a obra que embalará o enredo "Visões Xamânicas",...

Globo volta a transmitir jogos do Flamengo após eliminação na Libertadores

Eliminado na última terça-feira (1°) pelo Racing na disputar por pênaltis nas oitavas de final da Libertadores, o Flamengo foi motivo de comemoração na...

Prefeitura realiza sanitização em pontos estratégicos de São Gonçalo

Na manhã desta quinta-feira (3), equipes da Secretaria de Saúde realizaram a desinfecção no Centro de Triagem, no Complexo Hospitalar Luiz Palmier e na...

Adolescente de 13 anos se apaixona por madrasta e mata o pai em Goiás

Apaixonada por sua madastra, uma adolescente, de 13 anos, esfaqueou e matou seu próprio pai na madrugada do último domingo (29/11), na cidade de...