19 C
São Gonçalo
sexta-feira, maio 29, 2020
- Publicidade -

Mulheres em quarentena: é aí que mora o perigo

Leia Mais

SG prorroga isolamento social até 8 de junho

Como medida para conter a propagação do Coronavírus em São Gonçalo, o prefeito José Luiz Nanci assinou, nesta sexta-feira (29), a prorrogação do isolamento...

Empresa de São Gonçalo inova e produz máscaras de proteção contra o coronavírus em acrílico

Diante da pandemia do novo coronavírus e a necessidade de se reinventar, a empresa Mundo do Acrílico, localizada no Boa Vista, em São Gonçalo,...

Prefeitura de Niterói vai manter barreiras sanitárias até julho

O prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, anunciou através das redes sociais da Prefeitura, na tarde dessa sexta feira (29), que vai manter os bloqueios...

Cruz Vermelha de SG doa mais de 300 pacotes de fraldas para creche comunitária

Mais de cem famílias cadastradas na creche comunitária 'Mães Trabalhadoras', em Ipiíba, foram beneficiadas pela ação humanitária da Cruz Vermelha Brasileira, filial São Gonçalo....
Jacqueline Figueiredo
Jacqueline Figueiredo
Jacqueline Figueiredo Bacharel em Direito Diretora do Departamento Jurídico (Federação de kickboxing do Estado do Rio de Janeiro) Membro da Comissão de Direito Aplicado à Moda OAB-SG.} Professora Palestrante Comunicadora

Nesta semana vamos conversar sobre um tema que está muito em debate nos dias atuais. Mulheres em quarentena x violência doméstica.

Abordar a quarentena das mulheres e mães em casa, seria um tema prazeroso, se primeiro ela fosse voluntária, e não compulsória, por conta da epidemia de coronavírus. Mas, além disso, estudos apontam que a convivência num maior tempo dentro de casa com companheiros ou companheiras está levando ao aumento do número de casos de violência doméstica.

E sobre esse aspecto que venho lhes colocar a par. Dessa
realidade nua e crua, para não ser tão menos doce…. Nua e cruel!!!!
Estar em quarentena para determinadas mulheres, mães ou mulheres ativas, criativas,
responsáveis, superprotetora de seus lares, mães leoas, mulheres incríveis…
Enfim, somos
multitarefas…

Muito me indigna o que muitas de nós passamos em nossos lares. Me incluo, por me orgulhar em ser mulher, feminina, feminista, defensora e aliada de muitas que conheço e que me conhecem bem. Sou extremista, quando o assunto é defender nosso mundo feminino. É tão cheio de porquês? Somos atentas e dinâmicas! E somos valorizadas? Quais são os olhares que você cultiva e percebe em seu lar? Sei que a felicidade é feita de momentos, e são esses momentos de alegria que nos impulsionam, nos levam para um mundo que é só nosso!

Nossa autoestima já se abala sozinha, devido aos nossos ciclos menstruais. Somos dias sim, outros nem tanto, dias que não deveriam acabar nunca, por estarmos muito bem, radiantes com nossos feitos e de repente… há dias cinzas.

Mas quem disse que não podemos ressurgir das
cinzas? Somos Fênix!!! Somos mulheres! Quero tocar em um assunto muito delicado para muitas mulheres, onde nada fica claro, sua face tem um sorriso e por dentro, seu interior, está apavorado, com medo, fraco, pálido, sem  cor, amor, vida ou luz. Para aonde foi aquela mulher que está disposta a transformar o mundo?

Ela está oculta, por estar confinada com seu agressor. Que deveria ser seu companheiro (ra), fazer o real papel de pai ou esposo. Aquele homem que te fez tantas vezes sorrir de felicidade, gentil ou nem tanto…

Como assim nem tanto? Nós mulheres temos a infeliz capacidade de romantizar uma cena de ciúme, onde o sentimento de posse está explícito, mas por amar… nos vendamos os olhos e achamos que “aquele” episódio” fofo”, vai passar, não vai passar dos limites, não chegará nunca, há um ato agressivo!!!

Somos sonhadoras, quando imaturas, as decepções se tornam mais frequentes, “normais”!
Saibamos que não há normalidade alguma em um ato agressivo! Seu companheiro(a) não pode gritar contigo, te humilhar, acabar com a sua autoestima, quiçá, agredir fisicamente!!!

Temos que estar atentas aos pequenos sinais, os alertas que a vida e convívio nos prepara.
Destino? Não é culpa do destino! Não é sua culpa! O problema está nele! No príncipe gentil
que virou o carrasco e vilão da sua história familiar! Cito, familiar, pois atinge a todos da família! Você sofre! Seus filhos sofrem! Seu núcleo se tornou um desafio para você, que está à deriva em uma canoa feita de bambu em um mar revolto.

Quero lhe dizer que você mulher, não está só, as notícias e estatísticas INFELIZMENTE, só aumentaram os casos de violência doméstica no país! Através de aplicativos, que hoje são uma opção de ajuda, os dados são preocupantes.

E agora, em quarentena? Onde você não está saindo por amor e respeito à sua
família, devido a esse vírus letal, como lidar com esse agressor? Como contornar o dissimulado do seu “companheiro”, ou sua “companheira”, para não morrer nas mãos dele ou dela?

Esta lei cabe aos dois gêneros, deixo claro, independente de sua orientação sexual!
A lei 11.340/2006, a Lei Maria da Penha, tipifica em sua normativa, digo, está na lei!!!!

Toda violência doméstica e familiar contra mulher, está nas formas física, psicológica,
sexual (não é não, mesmo casada), moral e patrimonial!

Se você estiver passando por alguma situação semelhante às que eu citei aqui, não se cale, ou não se cale mais… Você não nasceu para ser humilhada, insultada, agredida, lesada….

Nesta época de pandemia, há ajuda fora de sua casa!
Ligue para 136 (Disque Saúde) ou para 100, onde você pode fazer sua denúncia no momento em que as agressões estão acontecendo, ou que tenham acabado de acontecer, 24h por dia, inclusive feriados. Este te possibilita o flagrante! Já o Disque 180 serve para denúncias de mulheres que sofrem com violência doméstica e/ou familiar. Se trata de uma denúncia anônima e gratuita.

Não se cale! Se você tem uma vizinha que está aos berros, gritos, pedindo para o agressor parar… Nunca espere ela se calar, a sua gentil vizinha poderá estar entrando para a estatística dessas milhares de mulheres que morreram nas mãos de seus companheiros (as)!

E o seu bom dia? Nunca mais, você vizinho que tem o pensamento arcaico!!! Essa falácia do “em briga de marido e mulher, ninguém mete a colher!”. Nos tempos atuais, na hora da perícia, vão perguntar aos vizinhos se não ouviram nada… Pense que você deixou de salvar a vida desta mulher que Infelizmente não teve forças psicológicas ou financeiras, de se libertar deste relacionamento! Não se cale!

Casos de violência contra a mulher podem ser denunciados em delegacias de polícia (qualquer uma de seu bairro). Você não precisa ter uma Deam próxima (Delegacia Especial de Atendimento a Mulher). Também podemos denunciar em promotoria e defensoria pública! Ao fazer essas denúncias você pode estar impedindo mal maior, o feminicídio!!

Caso queiram entrar em contato comigo ou com o ‘Lado de Cá’ para sanar dúvidas, para discutirmos casos, entre em contato conosco! Será maravilhoso estar com vocês sempre!
O canal é feminino! Estamos só dando o primeiro passo!

“Você pode não controlar os eventos que acontecem com você, mas você pode decidir não se deixar rebaixar por eles”.Maya Angelou (escritora e poeta norte-americana)
Até breve! Eu vou voltar se Deus me permitir!
Aguardo você aqui comigo, juntinhas!!!
Meninas! Que a vida nos seja leve !
Seja incrível! Nós podemos ser melhores todos os dias!
Beijinhos, Jacqueline Figueiredo !

Powered by Rock Convert

Notícias Relacionadas

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas Notícias

Atendimentos do SAMU em São Gonçalo aumentam em 50% durante pandemia

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) de São Gonçalo é a segunda base com o maior número de atendimentos do Estado do...

Ex-presidente do Barcelona quer Neymar novamente na Catalunha

Messi, Cristiano Ronaldo ou Neymar? Quem é o melhor jogador do mundo? Para o ex-presidente do Barcelona, Sandro Rosell, a resposta é Messi. Logo...

Casal é preso acusado de furtar lojas no Centro de Itaboraí

Após denúncias de que havia um casal furtando lojas no Centro de Itaboraí, policiais do 35° BPM (Itaboraí), prenderam dois suspeitos com as características...

PM é baleado no Buraco Quente, na Trindade, em São Gonçalo

Um policial do 7°BPM (São Gonçalo) foi baleado em umas das mãos, na manhã desta sexta-feira (29), na Comunidade Buraco Quente, na Trindade, em...

‘SOS Laranjal’ e ‘Sou Gonçalo’ realizam doações de quentinha em comunidades

Integrantes dos projetos 'SOS Laranjal' e o 'Sou Gonçalo' estão realizando uma ação para ajudar pessoas que passam necessidade durante esse período de pandemia...