20.9 C
São Gonçalo
quinta-feira, julho 18, 2024

Maricá celebra Consciência Negra com roda de conversa e samba no domingo (19/11)

Foto: Divulgação

A Prefeitura de Maricá, por meio da Secretaria de Participação Popular e Direitos Humanos, em parceria com a Coordenadoria de Igualdade Racial, promove no próximo domingo (19/11) um evento para celebrar o Dia da Consciência Negra, comemorado na segunda-feira (20/11), na quadra da Escola de Samba União de Maricá. A programação contará com roda de conversa e samba.

O evento será aberto ao público a partir das 17h. O tema do debate será: “Mulheres Negras e as Políticas Públicas” e as palestrantes serão as escritoras Rafaela Albergaria e Renata Pedreira, a advogada Marcia Cristina Bráz, Denise Oliveira, Joana D’ark Oliveira, a cabelereira Layla Thatiana dos Santos e Vanessa Malaquias, inspetora escolar.

A programação tem como objetivo discutir ações para combater o racismo e a desigualdade social no país, além de abordar os avanços na luta do povo negro e a celebração da cultura afro-brasileira.

A coordenadora de Políticas Públicas para Igualdade Racial, Valesca de Souza, ressaltou o simbolismo histórico da data comemorativa e a importância deste tema no momento atual.

“O dia 20 de novembro é uma data para conscientizar a população e, principalmente nós negros, de que existe liberdade, mas a mesma não nos foi concedida em sua totalidade. É um dia para refletirmos sobre uma forma concreta de valorização da cultura, história e o papel político do povo preto na sociedade. Esses elementos vão balizar, não só a nossa identidade, mas todas as nossas ações e, a partir disso, engajar todos nós a perceber que deveríamos negociar a nossa integração plena na sociedade brasileira não mais a partir de uma branquitude perversa e elitista”, disse a coordenadora.

Dia 20 de novembro: uma luta de todos

O Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra, celebrado em 20 de novembro, foi instituído oficialmente pela Lei nº 12.519, de 10 de novembro de 2011. A data faz referência à morte de Zumbi, o então líder do Quilombo dos Palmares – situado entre os estados de Alagoas e Pernambuco, na Região Nordeste do Brasil. O 20 de novembro tornou-se a data para celebrar e relembrar a luta dos negros contra a opressão no Brasil.

Matérias Relacionadas

plugins premium WordPress