24.5 C
São Gonçalo
sábado, dezembro 4, 2021

Indignação e tristeza marcam enterro de vítimas da chacina no Complexo do Salgueiro

Leia Mais

Na tarde desta terça-feira (23), no Cemitério São Miguel, em São Gonçalo, o clima era de dor, revolta e comoção no enterro dos cinco – dos dez – mortos do confronto entre policiais militares do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e traficantes no Complexo do Salgueiro, ocorrido na noite de domingo (21).

Familiares de Douglas Vinícius Medeiros da Silva, Ítalo George Barbosa Gouveia Rossi, Carlos Eduardo Curado de Almeida, Kauã Brenner Gonçalves Miranda e David Wilson de Oliveira Antunes estiveram no local para prestar as últimas homenagens aos mortos no confronto.

O velório e o enterro de Douglas Vinícius aconteceu por volta das 12h30. Familiares de Ítalo e Kauã se concentraram por volta das 15h, família e amigos de David Wilson se reuniram às 16h e parentes de Carlos Eduardo se encontraram por volta das 16h30. As famílias realizaram os velórios na Capela Nova São Gonçalo, em frente ao cemitério.

Procuradas, as famílias não quiseram se pronunciar. A mãe de Kauã, grávida de três meses, foi a mais emocionada, sendo amparada por amigos e conhecidos de seu filho. De acordo com a Polícia Militar, dos cinco enterrados nesta tarde, Douglas, de 27 anos, Kauã, de 17, e David, de 22, não tinham anotações criminais.

Notícias Relacionadas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas Notícias